Entre Anjos e Demônios

Forum gratis : Fórum destinado ao sistema de RPG storyteller Demônio a Queda para jogos Play By Fórum. Narradores e Jogadores ativos. Sistema de Exp e evolução de Personagem. Seja um Anjo ou um Demônio em uma busca pela decisão do Juizo Final.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Beaumont
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 215
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 28

MensagemAssunto: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Seg Jul 03, 2017 2:03 pm

Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel

Por algum motivo, os Rapinantes estão com uma ofensiva nos dominios da Corte do Soberano Faustiano Miliel. Miliel por sua vez é um Soberano Magnata que controla a cidade de Long Branch e fez do lugar a sua corte de dominio pessoal há pelo menos mais de 2 decada.  Este por sua vez não está gostando do modo como as coisas estão indo e para isso está preparando sua contra-ofensiva de maneira discreta. 

É tudo muito cedo ainda para descobrir, mas Miliel já organizou a contratação de um grupo de segurança privada da empresa Neav.Corp composto por um grupo de mortais e servos demonios com preparo para lidar com situações envolvendo a demonios em geral. Uma vez que os Rapinantes conseguiram reprimir a principal defesa de Miliel na cidade, a policia !
 É certo de que os soldados Rapinantes estão agindo com força e Long Branch.
O desaparecimento de Atiliel, Anjo Oculto do Annunaki, ainda é um dos grandes misterios da cidade. Tanto para a policia de Long Branch quanto para os Celestiais da área. 
Para completar o trabalho da policia, estranhos sequestros andam acontecendo aos redores da cidade. Jovens entre 18 a 28 anos são os principais alvos. 
A cidade de Long Branch está sob uma névoa densa de mistério...


New Jersey By Night 




Chapter 1 -  Bem Vindo ao Novo Eden, Elohim !




Nova Jérsia é o quarto menor estado em área do país, superando apenas Connecticut, Delaware e Rhode Island. Apesar de sua pequena extensão territorial, Nova Jérsia, com seus 8 414 350 habitantes, é o nono estado mais habitado dos Estados Unidos. Com a sua grande população e diminuta área, Nova Jérsia é o estado mais densamente habitado do país. Destaca-se por ser o único estado norte-americano onde a maioria da população, de todos os seus condados, mora maioritariamente em áreas urbanas.


Clima

Nova Jérsei possui um clima temperado. Devido à sua pequena extensão territorial e sua pouca variação em altitude, as temperaturas médias não variam muito de região para região. As menores médias são registrados no norte, relativamente distante de grandes corpos d'água, e situados em maior altitude, em comparação a outras regiões do estado.


Geografia 

Nova Jérsei limita-se ao norte com Nova Iorque, a leste com Nova Iorque e o oceano Atlântico, ao sul com Delaware (através da baía de Delaware), e a oeste com Delaware e Pensilvânia.

Nova Jérsei pode ser dividida em :

- As Planícies Costeiras do Atlântico cobrem mais de 60% de Nova Jérsei, ocupando toda a região centro-sul do estado. Caracteriza-se pelo terreno plano e muito pouco acidentado, pelo solo muito fértil e pela baixa altitude - nenhuma parte desta região possui mais do que 30 metros de altitude. Essa região cobre as cidades litorâneas de Long Branch, Atlantic City, Wildwood, Newark, Peterson, Elizabeth , Cape May e Jersey City . 

- O Piemonte envolve a região dos Planaltos da Nova Inglaterra, estendendo-se desde a Pensilvânia até o estado de Nova Iorque. É a região mais populosa mas com um menor índice de industrialização do que as planícies costeiras. Constitui as cidades de Phillipsburg, Princiton, a capital Treaton, Candem, Millville e Candem. 

- A Região dos Vales e Serras do Apalache ocupa uma estreita faixa de terra no noroeste de Nova Jérsei. Caracteriza-se pelo terreno montanhoso, formado por estreitos vales e serras, que correm paralelamente, pouco acima da região central na fronteira com a Pensilvânia até o nordeste de Nova Jérsei, estendendo-se do estado de Nova Iorque até o Alabama. É a região menos populosa do estado.


A Cidade de Long Branch:

Long Branch é uma ilha barreira e também uma colônia de verão.  A cidade pode ser dividida entre norte e sul. A porção Norte é uma área mais residencial onde é localizado a alta sociedade da Cidade e os grandes prédios corporativos . Na parte sul existe a área comercial onde rege o turismo, principais praias e a pesca. A periferia também é localizada no extremo sul da cidade.  A cidade normalmente comporta  20 mil turistas em sua baixa temporada e no inverno, mas no verão há a possibilidade de haver mais de 100 mil pessoas . 

Ultimos Eventos : 


Furacão Sandy : Em Outubro de 2012 a cidade foi palco da devastação ocasionada pelo furacão Sandy. A evacuação da periferia foi necessária e a inundação ocorreu por quase 1 ano, aos poucos a população veio se reestruturando e todas as atividades comerciais de importação e exportação permaneceram paralisadas nesse meio tempo. 

Ataque Racistas : O ano de 2015 foi repleto de acontecimentos que marcaram a cidade. Várias escolas de ensino médio e superior foram invadidas, saqueadas e incendiadas na periferia e algumas poucas no norte da cidade também ocorreram. Os eventos eram ocasionados por um grupo neo nazista que se intitulava Krauss e seguiam a liderança do ditador Alemão Teufel. Muitos membros foram presos mas Teufel jamais foi encontrado. Tempos depois os eventos foram cessados depois que o FBI encontrou uma bomba no prédio da empresa de segurança da NouvCorp.

O ataque do Serial Killer na parte sul da cidade: Depois que Joan Morello foi encontrada morta, ela foi adicionada a lista como décima vitima do serial killer  que causava o terror na cidade. “John” como foi encontrado em seus registros foi preso em dezembro de 2016 e aguarda julgamento na prisão de segurança máxima de Long Beranch

Lugares Importantes :




State Route 72 : Esta é a inter estadual que liga a cidade ao resto de New Jersey. A única forma em terra para se sair de Long Beach Island de carro. A cidade também pode ser deixada de barco ou helicóptero já que não existem aeroportos na cidade. A State é uma grande estrada projetada para reter um fluxo invejável de passageiros todos os dias. Foi reformada depois do evento do furacão Sandy então está bastante segura. 

High Bar Harbor: É um ancoradouro de barcos de luxo e a principal forma de trafego entre a baía e o Estado de New Jersey . O atual dono é o milionário Spencer J. Clinton.  Um Faustiano da Quinta Casa.  Ele costuma controlar a entrada e saída das pessoas de barco juntamente com a Marinha local. 


Beach Haven :  Uma das se não a maior praia e mais conhecida  de Long Beach, diversos concursos são feitos e durante o verão tudo o que se pode ver e curtição, festas e disputas de esportes radicais. 

Bernegath LightHouse – O farol de BerneGath é um dos pontos mais altos da cidade. O lugar foi construído em 1918 e surpreendentemente se manteve em pé depois do furacão. Spencer costuma fazer reuniões dos Faustianos nesse luxuoso farol. O Local é um bastião  criado por Spencer.

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"


Última edição por Beaumont em Ter Jul 04, 2017 9:32 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beaumont
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 215
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Seg Jul 03, 2017 2:05 pm

AVISO : ESTAREI COMEÇANDO AS POSTAGENS DO NOVO CICLO AMANHÃ (DIA 05) OU NA SEXTA DIA 07. COM OS JOGADORES JÁ CONFIRMADOS.

OBRIGADO !



Personagens Importantes


Adam Schneider - Prefeito de Long Branch


 
Spencer J Cliton - Maliel Lammasu Soberano Faustiano - Milionário

Dono de um dos mais sofisticados ancoradouros de New Jersey. Spencer começou a sua carreira desde cedo. Apenas alguns  outros celestiais sabem que Spencer já era rico a bem mais tempo do que 20 anos como costumam dizer. Spencer é na verdade Maliel, Os Olhos da Água, e desde de que voltou do abismo ele costuma fazer reuniões e tentar unir seus irmãos e ser anfitrião dos mesmos em suas residências ao longo do estado. Personalidade tranquila, é um dos mais fortes e influentes celestiais da corte de New Jersey.
 
Mr.Raymond Lane – Servo de Maliel -  Advogado de Spencer J Clinton

Raymond é o principal servo de Maliel, o mais devoto apesar de não ter sido o primeiro servo do Celestial. De personalidade direta e franca. Lane gosta de tudo muito claro para que possa trabalhar. Ele e sua firma são responsáveis por todas as licitações necessárias para que Spencer possa ter uma vida correta em New Jersey. 
 
Sara Geller - Lirus Namaru Faustiano Cavaleiro Ímpio.  - Empresária

Sara é uma mulher rica e poderosa no ramo de cosméticos e da moda praia. Já foi modelo na juventude e hoje construiu o seu imperio atraves da manipulação correta de seus aliados. É um importante braço de Maliel e ambos constituem o principal controle de New Jersey . Sara conquistou a atenção de Maliel pela inteligencia e controla os soldados de Maliel pela liderança mais do que pela força ao longo de New Jersey.
 
 
James Perkings - Agniel Annunaki Cavaleiro Ímpio Faustiano - Delegado

Perkings é um dos agentes mais atuantes de Maliel em Long Branch. O principal objetivo de Perkings é monitorar a ação dos agentes Rapinantes da área e em especial as ações de Teufel. No qual acredita-se que seja um rapinante apesar de nenhuma prova concreta ainda ter sido obtida. Agniel é bastante analitico e possuí o controle de bons agentes celestiais na cidade. Nada entra ou saí da cidade sem que Agniel esteja ao menos com uma suspeita de algo.
 
Amanda Tears – Serva de Agniel - Investigadora de Crimes Ambientais e de Imigração 

 Amanda é a única serva de Agniel. Ela começou a servi-lo depois que teve sua vida salva quando sofreu um tiro no peito que quase a matou em serviço. Amanda não possuí familia, é reservada e solitária e vive para servir Agniel e proteger a cidade. Foi promovida a investigadora a 2 anos.

Kurt Nelson – Parceiro de Amanda - Investigador de Crimes Ambientais e de Imigração.

Kurt é principal parceiro de Amanda, é um jovem mestiço asiático que se mudou de china town para New Jersey a seis meses depois que foi transferido. Kurt ainda é novato no ramo da investigação e está em fase de treinamento, por isso passa a maior parte do tempo com amanda que o treina. 
 
Kristie Frost - Ravennael Halaku Cavaleiro Faustiano - Policial Investigadora
Frost é uma das agentes de campo de Perkings. Ela desbrava a cidade e tenta controlar juntamente com a ajuda de um pequeno grupo de soldados faustianos a serviço de Maliel. A cidade é bem observada pelos faustianos graças a influencia que Maliel possuí com a policia e Frost é um desses canais de ligação entre as ruas e Maliel. 


Amy Jay - Policial de Campo  - 

 
Teufel - Lider Terrorista Neo Nazy

Lider do grupo paramilitar e neo nazista chamado Krauss, está foragido e desaparecido da policia a meses e seu ultimo atentado foi na escola Saint Davis no norte de Long Branch. Em seu ultimo refugiu a policia encontrou uma estranha carta e um video que mostrava Teufel cortando os próprios pulsos e duvidas surgem se ele realmente não pode ter tirado a própa vida. 

 
John Ray - Serial Killer

Preso a quase dois anos. John está na prisão de seguança Máxima de Long Branch na saída da cidade.  Aguarda julgamento depois de se declarar culpado pelo assassinato de Joan Morello. Acredita-se que o Jovem professor de biologia de 27 anos ainda pode ser culpado por outras 9 morte de outras mulheres incluindo uma de suas alunas . Sara Gibson que foi encontrada morta em 2016. John é extremamente estranho e paranoico e afirma que ouvi vozes e é uma criatura da noite.

 
Joan Morello - Universitária prostituta Morta. 

Joan era uma universitária que possuía uma vida dupla como prostituta em Long Branch. Foi assassinada tendo seu pescoço mordido e golpes de faca em um beco perto da Davis com a 12TH Avenue . Alguns dizem que mesmo depois de morta alguns moradores ainda podem ouvir os lamurios da jovem a noite. Ninguem acredita nisso de fato.

 
Kim Takeguri - Atiliel Annunnaki Cavaleiro Virtuoso Oculto - Pesquisadora

Atiliel assumiu o corpo da pesquisadora Takeguri depois que seu campo de pesquisa se tornou o sobrenatural. Ela estava convicta de que o corpo humano poderia usar uma espécie de energia Chi para emanar e transformar esse poder para ser utilizado de várias formas. Atiliel se viu encantado com a inteligência de Takeguri e agora usar as pesquisas da moça para encontrar o significado da "essencia primordial Chi" atualmente ela está escondida de Radrakamus.

 
Oshio Takeguri – Professor de Neurologia

 
Mister Strong Reitor da Universidade de Ciencias Biologicas de Long Branch. 

 
Kelly Strong - Professora de Farmocologia da UCBLB. 

 
Betty Brant – Secretária de Mr. Strong

 
Paul Diamond – Amigo de Kim Takeguri

 
 
Larry Green - Sub-Reitor da Universidade de Stanford.
O Senhor Green é o Reitor Adjunto da universidade de Stanford, possuí uma casa em New Jersey apesar de não passar muito tempo na cidade é residente da mesma no periodo de férias. Possuí grande fascinação no oculto e um de seus hobbies mais marcantes é a investigação paranormal e re leitura de obras litéririas do mesmo seguimento como o Malleus Mallefecar entre outro titulos .
 
Pitt Brawson– Universitário que odeia Jean – 

 
Leila Mill – Universitária Namorada de Roy 

 
Roy O’Niel – Universitário que tomou uma surra do Zelador

 
Quinn Tumiko  – Universitária melhor amiga de Leila

 
O Zelador – Ray Tellor 

 
Patricia Arkette – Chefe da divisão Médica do FBI

 
Rafael  - Rafael Asharu Cavaleiro Virtuoso Reconciliador - Errante


Rafael é um celestial que pode ser encontrado em qualquer lugar e em lugar nenhum. Os atos de Rafael já chamaram a atenção de Maliel e principalmente de Radrakamus que persegue Rafael a algum tempo. O objetivo de Rafael é um mistério para a corte de New Jersey, mas rumores alegam que ele não é o único reconciliador que perambula pelo litoral americano.

 
Albert Dokks - Radrakamus Namaru Soberano Rapinante - Chefe da Divisão de Campo do FBI

Albert é um dos mais poderosos Rapinantes em New Jersey. Trabalha a serviço de Sauriel e seu objetivo principal é minar as ações dos Ocultos e Reconciliadores do lado leste dos Estados Unidos. Utilizando a ferramente da autoridade e do FBI, ele caça os demonios e destroi para impedi-los de crescerem e se tornar um problema futuro. Eventualmente Dokks caça Luciferanos e Faustianos também, se os mesmos estiverem em seu caminho. Existe rumores de que ele usa caçadores de demonios ao seu favor para a realização de suas ações. Acreditasse que Radrakamus já possuí mais de 300 anos na terra.

 
Colin Jay - Astoh Algoz Cavaleiro Ímpio Rapinante - Experimento de Campo do FBI 

Colin Jay é brutal e destruidor, possuí licensa para matar e qualquer efeito colateral que ele cause é encoberto por Dokks pois ele sabe que Jay gosta de destruir e ambos se deleitam com essa realidade. Astoh sempre foi maligno e não demorou muito para que sua natureza atormentada aparecesse durante a guerra da Ira. Hoje ele serve como principa arma de Radrakamus.

 
Carlos Smider - Dryel Devorador Cavaleiro Ímpio Rapinante - Agente de Campo do FBI

Carlos é o freio que prende Colin quando é preciso. Os dois costumam agir em conjunto para que o sucesso ocorra e a destruição tenha uma direção correta. Dryel é um Devorador que manipula a carne e impede Astoh de destruir tudo quando não é necessário.


Última edição por Beaumont em Qua Jul 19, 2017 9:19 am, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vinah
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 29/04/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Ter Jul 04, 2017 5:10 pm

Arturiel ainda precisaria de um tempo para se acostumar completamente com aquela sua nova vida, mas a cada segundo que se passava, sentia-se muito mais unido a Johnny, de um modo tão grande que seus pensamentos acabavam com aquela distinção entre sua vida antiga e a nova, sendo estas unidas de um modo irreparável. Se outrora houve um motivo para a sua queda, agora havia algo muito mais importante; suas paixões. Enquanto terminava o desjejum, Johnny pós-se a pensar em como guiaria a sua vida. Seria ele levado pela razão e pelo altruísmo como antigamente, ou então ele deixaria ser levado por sua humanidade, seja qual fosse o destino que esse caminho levaria. Sabia que a humanidade havia decaído e que suas instituições estava tocadas pelo caos., e que agora, sendo Johnny, ele poderia se encaixar nessa mesma situação. Ele sentia que isso era uma questão importante, mas sabia que essa decisão poderia ser deixada para o futuro, e que primeiro, ele devia concentrar-se em suas paixões. Logo pôs-se a caminhar pelo residencial em que morava, enquanto seus pensamentos continuavam a fluir.

" Eu devia sentir medo e asco em ir atrás desse contrato com a casa de shows, pois terei que lidar com aqueles que um dia me abandonaram. No entanto, sinto-me estranhamente confiante e confortável, quase ansiando por esse momento. Nunca pensei que poderia ansiar por interagir com traidores e com seres cada vez mais decadentes, mas cada pensamento que eu tenho, esse sentimento se torna mais real: anseio por interagir com as pessoas. Johnny sempre tivera facilidade para isso, e agora me vejo extremamente confiável nessa mesma habilidade. Seja como for, devo fazer isso por Alice e por mim próprio, pois eu anseio mais do que tudo, passar a minha paixão através da música. Sei que..."

O pensamento confuso de Johnny foi cortado abruptamente quando seu smartphone tocou, e num ato de reflexo, o jovem músico atendeu rapidamente. Era Alice, e aquele timbre de voz do outro lado da linha fez Johnny sorrir.

- Uma surpresa? Você sabe como eu sou curioso, não vale me fazer pensar nisso agora. - Johnny diz num tom brincalhão. - Com a Jenny? Avisa para ela que se der tudo certo a gente vai sair para comemorar todo mundo junto. Vamos ter uma noite daquelas. Bom, eu não vou atrapalhar o momento de vocês duas juntas, aproveite bastante e logo mais a gente se vê.

Com o recado recebido, finalmente o caído se atualizou das coisas mais íntimas de sua vida, e agora, sentia-se preparado para ir de encontro ao seu sonho. Não demorou muito e logo ele se encontrava em frente a boate Lafayette. Johnny foi recebido por alguns seguranças na porta do local, mas estes deixaram que ele entrasse.

Enquanto caminhava pelos corredores da casa de show, ele começou a sentir uma energia adentrar a sua carne. Era a mesma sensação que havia sentido quando estava no palco lotado, naquele mesmo local. Não havia sensação melhor, era um misto de poder dizer a verdade e mostrar seus sentimentos ao mundo, e ser adorado por isso, ao mesmo tempo que proporcionava as pessoas uma certa libertação. Era o poder da música, era o poder de se entregar as suas mais antigas paixões. E agora, mais do que nunca, significava ser adorado por aqueles que o traíram antigamente. De alguma forma, o caído sentia que ele poderia ser adorado pelas pessoas, muito mais do que antigamente. Era um pensamento perigoso, mas estranhamente prazeroso. Um sorriso escapou de seus lábios, mas aos poucos, enquanto imaginava o prazer da adulação das pessoas, ele sentiu-se triste. Sim, triste pelo passado. Sabia que Amitiel, Hasmal e outros anjos de outrora nunca receberiam tais coisas, e aquilo o abateu. No mesmo instante, sua mente injetada de paixão pela música encontrou uma solução. Um dia, se aquele contrato desse certo e Johnny ficasse estável na carreira musical, lançaria músicas glorificando os atos do passado, e principalmente, de seus companheiros. Novamente, seus pensamentos foram cortados, dessa vez pelo segurança que o introduziu em uma nova sala.

Na sala, havia duas pessoas, David Cross e uma mulher, e imediatamente Johnny sorriu ao encontrar o empresário. Aquele homem representava o seu primeiro passo para o sucesso. Quando David levantou-se e foi cordial, oferecendo um abraço, Johnny imediatamente assumiu a mesma postura, e deu um abraço cordial no empresário.

- David Cross. - Johnny tentou manter um tom de voz amigável, e também deu um aceno leve com a mão para a moça sentada. - Sim, eu vim exatamente falar sobre negócios, mas primeiro tenho que dizer que na sua ultimação ligação, eu estava um pouco, como posso dizer? Fora de mim. - Johnny riu, e logo continuou a falar, mas dessa vez com o tom de voz mais adequado para um profissional. - Bom David, eu tenho um projeto e sei que você é o homem capaz de realizá-lo. Deixe-me dizer um pouco sobre esse projeto. Estava pensando em escrever algumas músicas novas, e manter todo o meu repertório na noite com músicas próprias. Isso não seria da noite por dia, mas tenho essa intenção futura. No entanto, sei que você é a pessoa que eu preciso para administrar tal coisa, e acho que juntos podemos formar uma boa parceria.

Johnny Boy tentava se mostrar confiante, mas não a ponto de ser tão arrogante, e certamente manter um linguajar dos tempos de escola - educado - era algo que o músico não fazia já há algum tempo. De qualquer forma, o caído sorriu, pois de alguma forma, o fato de estar em um momento social o agradava.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beaumont
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 215
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Ter Jul 04, 2017 10:52 pm

Arturiel (Johnny Boy)
Fé 4/4
FDV 5/5
Tormento 0/3


Johnny Boy - Rumo ao estrelato...

Boate Lafayatte - Escritório de Negócios - 14:30

Johnny era muito bem recebido como esperado, estar ali era para poucos. O primeiro degrau de muitos... Diante de David o coração do homem disparou, era uma sensação ótima de conquista. Em questão de minutos. David, Johnny e a moça Sara estavam trocando palavras em uma conversa extremamente informal e costumeira. Apesar do estilo despojado mas educado de David e Sara ainda fazerem com que o cantor percebesse que se tratava de uma conversa de negócios. 

Sara por sua vez parecia estar muito a vontade com a situação. Se levantava vez ou outra para pegar água ou alguma coisa no frigobar instalado no canto da sala, próximo de uma pilha de quadros na paredes de cantores famosos como Frank Sinatra e Bon Jovi nascidos no estado. 

Johnny escreveu:
 "Bom David, eu tenho um projeto e sei que você é o homem capaz de realizá-lo. Deixe-me dizer um pouco sobre esse projeto. Estava pensando em escrever algumas músicas novas, e manter todo o meu repertório na noite com músicas próprias. Isso não seria da noite por dia, mas tenho essa intenção futura. No entanto, sei que você é a pessoa que eu preciso para administrar tal coisa, e acho que juntos podemos formar uma boa parceria"

David manteve o olar pensativo com as sombranselhas arqueadas e um bico longo de quem estava processando toda a informação. Aqueles segundos foram cruciais para que o coração de John fosse querer começar a sair pela boca. Era incrivel como aquilo parecia importante de alguma forma para o mortal, tanto que o sentimento regurgitou sem controle no intimo de Arturiel que controlou seus pensamentos logo depois. O homem de aparência pensativa sorriu com a boca larga e uma gargalhada que contagiou Sara logo em seguida. Estava claro que tudo não passou de uma brincadeira ou uma forma de tentar pescar alguma coisa do promissor cantor. Era ais do que óbvio que a atraente mulher loira não parou de fitar Johnny um minuto sequer de maneira super discreta mas que se tornou perceptivel depois de tantos olhares consecutivos. 

David Cross : - Ahahaha eu gosto exatamente disso ! Mentes novas me dando ideias ! - David então segurava firme o ombro de John. Os olhos dos dois se cruzaram de maneira inevitável e suas palavras eram esperançosas e breves. - Sexta-Feria haverá um show do Papa Roach aqui, quero que abra o show com uma música de autoria sua, esse é o meu desafio a você. mais de mil pessoas em um palco lotado esperando os gigantes Jacoby Shaddix e Banda. Mas você meu pequeno gafanhoto, terá de roubar um niquel de luz do sol deles se quiser se agigantar nesse tipo de show Biz...! 

O sorriso de David era um convite para um desafio inestimável, mas o que irrompeu mesmo no coração de Arturiel foi sentir a fagulha reluzente do próprio sol acertar a sua cerne atravez dos olhos da bela mulher de cabelos dourados e olhar flambado de chamas encineradoras. 

O sentimento de Elohim era único sobre o outro, e a moça fez questão de se apresentar de uma maneira discreta, sob aquele sorriso em meio as nuanças do desafio lançado por David estava a moça por detrás com seus olhos cor Rubro a segurar uma dose de Whiskey e dizer discretamente "Olá Arthuriel seja bem vindo ao Novo Éden..."

Testes escreveu:
Arturiel Convicção Diff 4 = 3 Sucessos

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"


Última edição por Beaumont em Qua Jul 05, 2017 7:48 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beaumont
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 215
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Ter Jul 04, 2017 11:19 pm

Kamuriel (Nora Vanger)
Fé 3/3
FDV 7/7
Tormento 0/3



Nora Vanger - Mistérios Inexplicáveis...

Dojo do Mestre Merlin - 16:00


Tudo foi tão rápido...O alvorço, o momento da comoção e de todo o alarde sofrido, mas do mesmo jeito que aconteceu rápido, parece ter se dissipado mais rápido ainda. O lugar ficou silencioso e triste logo depois que Samantha, os paramedicos e Merlin foram embora. Sam não iria aguentar ficar ali sabendo da situação de seu primo tão próximo então era melhor que ela estivese por perto. As chaves da moto ficaram nas mãos de Nora, ela saiu tão rápido e apressada que não deu tempo para que a jovem pudesse ao menos dizer que não tinha o costume de usar um veiculo de duas rodas sozinha. 

Nora estava tão sozinha quanto Kamuriel quando enfrentou pelos primeiros minutos o abismo, talvez fosse exagero demais comparar, mas o sentimento de vazia estava latente no coração de Nora que nem ao menos sabia se o jovem iria sobreviver. O sentimento era tão forte e estranho ao mesmo tempo. Não demorou muito tempo e o telefone tocou, não era surpresa o numero de sua mãe, a senhora Vanger. 

Seline ao Telefone escreveu:
"Nora minha filha ! Sua amiga Sam me contou tudo, seu "pai" está indo te buscar ! Meu Deus filha ! Isso foi horrivel, ele era um garoto tão bom !"

Por um instante sua mãe Seline estava quase certa. Ele nunca teve inimigos para ser envenenado...Ou tinha ? Parece que a policia não demoraria muito para vir, o som do giroflex soava lá em baixo. 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"


Última edição por Beaumont em Qua Jul 05, 2017 8:59 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beaumont
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 215
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Qua Jul 05, 2017 8:50 pm

Jean Dasnoy
FDV 5/6
Vitalidade - Escoriado (Contusivo)


Jean Dasnoy Contagem Regressiva...


Telhado da Universidade de Ciências Biológica de Long Branch - 15:15


Aos poucos a adrenalina no corpo de Jean foi se dissipando e a medo se tornou mais palpável. Ele poderia ter morrido se aquele cara tivesse conseguido empurrar ele daquela altura e pelo modo como Roy ficou estirado ele certamente teria escrupulos para isso. O Jovem até tentou olhar para baixo mas uma vertigem o assolou logo de cara, ele zambeteou e desistiou e assim que seus dois amigos partiram ele seguiu diretamente para falar com a policial que estava ajudando Roy. 

Jean escreveu:
Oi, precisa de uma mãozinha? Tenho treinamento em primeiros socorros, é só me dizer o que preciso fazer.

A moça olhou indeferente embaixo daqueles oculos grandes e escuros de aviador e voltou a sua atenção para aferir os sinais vitais do garoto. 


Policial : - Fique apenas distante jovem, me espere terminar aqui que eu já falo com você sim ?

Dizia a policial sem dar muita atenção ao jovem herói Dasnoy. Que ouviu o seu celular tocar mais uma vez, outra mensagem de video. 

No video que provinha de um número privado, dois homens vestiam preto e o foco impossibilitava ver seus rostos mas eles tinham barbas por fazer e chapeus, eles estavam em um lugar um pouco escuro apesar de ser dia e o sol brilhar no canto do vídeo. Ao perceber melhor e escuta o som de passaros e da maré era notável saber que eles estavam no pier marcado por eles para que Jean fosse. E finalmente estava claro que daquela vez era Izbu que estava de joelhos e amordaçado apenas com uma sunga de banho. 

Um dos homens dizia sem que seu rosto fosse focado pela camera que parecia parada em algum lugar fixo. 


Citação :
"15 horas e a vida do seu amigo não significou o preço pedido. Hora da penitência. Havia um sotaque Russo forte na voz do locutor, suas mãos pareciam ter algum tipo de solução que ele jogou no rosto de Izbu e foi capaz de derreter a pele de forma cruel e dolorosa, os gritos do amigo de Jean abafados pela mordaça que logo foram derretidas nos 10 segundos mais demorados da vida de Izbu. A face do garoto estava em ossos e um bolo de carne indecifrável. O homem fez o mesmo com os dedos do garoto e arrancou facilmente os dentes que restaram em sua boca somente para dificultar a indentificação da policia." 

A voz então mais uma vez continuava o seu jogo doentil. 

"Você perdeu o primeiro Round e seu primeiro amigo, o segundo pode ser qualquer um Mandarei as exigências do jogo para o telefone do seu Amigo Angelo, ele parece ter se mostrado tão inteligente quanto você" 


O video termina e algo começa a acontecer com o celular de Jean.  Os teclados não funcionam direito e qualquer ação no celular se torna infinitamente mais lento como a ação de algum vírus que tivesse vindo junto com o anexo do vídeo. O garoto ainda estava muito aturdido em ver o que aconteceu com seu grande amigo, se lembrava da época que treinavam juntos e da jogatina dos 4 inseparáveis amigos. E agora ? Izbu estava realmente morto ? 

A mãos de Jean se fechavam e ele começava a nutrir um espirito de justiça diferente do que ele JAMAIS havia sentido em sua vida. Jean deixava de ser um menino e descobria que seus amigos precisavam de um homem. 

Kelly e seu marido Strong , o reitor da universidade se aproximaram e o senhor Strong demonsrou sua imensa consideração pelo ato do rapaz. 

Mr. Strong : - Senhor Dasnoy o que o sr. fez foi admirável !! Quantas pessoas ajudariam um amigo sem medir o perigo daquele jeito !?

Havia um sorriso de orgulho na face de Kelly, afinal ela seria a sua orientando. Mas mesmo que o casal achasse que o perigo já havia passado. Jean sabia que não...

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kamuriel
Soldier
Soldier
avatar

Mensagens : 26
Data de inscrição : 10/05/2017
Idade : 23

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Qua Jul 05, 2017 9:29 pm

Nora via Sam adentrar na ambulância em meio ao desespero e jogar a chave da moto para ela. Nora pegara a chave no ar com a mão direita enquanto a esquerda estava dentro do moletom. A menina estava aflita, mas o demônio tentava acalmá-la com expressão de seriedade em seu rosto. A porta da ambulância logo fecharia, Nora não se importou em lembrar sua namorada que não dirigia aquela coisa, podia cuidar da moto.

Antes que a porta da ambulância fechasse, se Sam estivesse olhando para ela no ultimo minuto, ela deixaria bem claro em uma leitura labial.

"I love you."

Sem dizer uma palavra e então as portas da ambulância se fechariam e Nora via a mesma partir e junto daquela visão, uma mesma visão de uma luz se distanciando, como se fosse a própria ambulância. Lapsos de memória... Uma escuridão... Gritos.. Dor... Monstros... Olhos...

Nora fechou os olhos por um segundo, os esfregou com a mão direita e tentou desvencilhar esses pensamentos. Kamuriel olhou para as mãos de Nora e por um segundo viu mãos grandes, pálidas, azuis, que tinham garras no lugar de dedos... Como um horror monstruoso que estivesse querendo voltar, e junto desse horror, um sentimento de solidão e ódio.

- O que tá acontecendo comigo?

Disse para si sussurradamente. Era como se sua cabeça estivesse lutando contra a de Nora, como se houvesse uma parede que Nora bloqueava, impedindo um grande e horrível bicho papão de entrar e destruir tudo o que visse. Quanto mais Kamuriel pensasse nisso seria pior, queria afastar esse pensamentos, esses lapsos... Queria aquilo longe de si e esperava que essa escuridão nunca o alcançasse e contava com Nora para isso.

Kamuriel seguia para a casa novamente, puxou o capuz para cobrir sua cabeça e esconder o rosto de Nora. Aquilo era um hábito da própria Nora, um resquício de sua falta de confiança, do seu medo de que o mundo a enxergue e a julgue, se esconder era algo que Nora tinha o hábito de fazer, ficar invisível para tudo e todos, passar despercebida... Por mais que quisesse se mostrar ao mundo, o medo da rejeição era uma das coisas mais sombrias que habitava seu coração mas que a protegia e inconscientemente Kamuriel o mantinha porque acreditava nesse tipo de proteção.

Ambos, Nora e Kamuriel voltavam para o lado de dentro e o telefone tocara, Nora vira o telefone de sua mãe tocando e bufou revirando os olhos como uma adolescente impaciente e logo atendeu o telefone.

- Oi mãe...

Disse em um tom entediado e levemente irritado, tal como adolescentes sempre atendem seus pais num momento inoportuno.


Seline ao telefone escreveu:
"Nora minha filha ! Sua amiga Sam me contou tudo, seu "pai" está indo te buscar ! Meu Deus filha ! Isso foi horrivel, ele era um garoto tão bom !"


Nora arregalou os olhos, não esperava que Sam iria contar para sua mãe.

"Caramba, Sam... Que fora!"

Pensou chateada com Samantha que podia ter ficado de bico calado, e agora Seline ia rondar Nora com enormes asas de coruja, ao menos Arthur estava vindo, talvez pudesse usá-lo para alguma coisa nesse momento, ou... -

O pensamento de Kamuriel havia sido interrompido pelas sirenes dos carros de polícia, queria investigar algo mais, infelizmente talvez a polícia pudesse mesmo fazer um trabalho melhor que Nora naquele momento, Kamuriel não tinha poderes para ajudar com essa situação e sem que Nora tivesse conhecimento de como essas investigações funcionavam... Era melhor a polícia fazer o trabalho dela, mas Kamuriel ia tentar acompanhar a investigação de perto, seja lá quem tivera feito isso com Johnny podia voltar. Nora devia a Johnny pela ajuda nos treinos em se defender de Arthur, Nora não permitiria Kamuriel simplesmente "deixar pra lá", sabendo que ele podia ajudar.

- Mãe... A polícia chegou, vou ter que prestar depoimento aqui e contar o que aconteceu, beijinhos, "inté" mais, te amo.

E sem esperar Seline responder Nora desligava a ligação e ignoraria quaisquer futuras chamadas que Seline pudesse fazer enquanto estivesse nessa parada do Johnny. Imediatamente Nora mandava uma mensagem pra Arthur com um largo sorriso de deboche.



Nora escreveu:
"Hello Daddy... What a Face

Mamãe disse que está a caminho, pode fazer um favor pra mim? Estacione próximo, mas não tão próximo, fique de olho no lugar de forma discreta pra ser meu "backup" se eu precisar. Te mando mensagem se for o caso.

Lov U I love you"


Assim que enviasse a mensagem Nora iria para o lado de fora receber os policiais e guiá-los para o local do crime.

_________________


Última edição por Kamuriel em Sab Jul 08, 2017 3:47 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beaumont
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 215
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Qua Jul 05, 2017 10:36 pm

Dustiel (Alex Riverstorm)
Fé 3/3
FDV 8/8
Tormento 0/4


Alex Riverstorm - Em mãos Vis...



Lane & Lane Advogados - Centro Sul da Cidade  - 16:00


Assim que o advogado deu sua opnião final sobre o assunto a conversa entre ele e Kristen terminou, o homem bem alinhado ajeitou os oculos no bolso e deu um longo aperto de mãos em Kristen e sorridente voltou sua atenção para Dustiel. 

Dr. Lane : - Nosso "chefe" vai mover mundos e fundos para tirar nosso amigo delegado da prisão. Perkings é muito importante para ele, não se preocupem ! 

Kristen : - Posso usar o banheiro por um segundo ?

A jovem dizia logo após olhar o celular, certamente havia recebido a mensagem de Alex. Ela ajeitava os cabelos fazendo o sinal com os dedos de que seria bem rapidinho. Deixando a sala logo em seguida e fechando-a com aquela porta de madeira leve mas muito bem desenhada. Dr. Lane e Alex ficavam então sozinhos na sala, o advogado não parecia muito preocupado, na verdade sua calma era inabalável, uma virtude atraente para um advogado que enfrentava duzias de acusações todas as semanas em um tribunal ou fora dele. Alex ainda porem estava muito desconfiado e curioso com as informações que ele tinha sobre Radrakamus.  O silencio perdurava pouco pois o advogado logo iniciava uma conversa rápida. 

Dr Lane: - Então conte-nos senhor Riverstorm. Como está sua estadia no novo Éden ? Nosso chefe me contou algumas coisas mas eu sempre tive curiosidade em saber como vocês resolviam tudo no debate e tribunal. Não sente saudade dessa época onde o derramamento de sangue era desnecesário ?

Os olhos de Lane eram negros como a noite e muito compenetrantes, tudo o que ele falava parecia ter uma certeza indubitavel. Alex nem tee tempo de responder a pergunta quando sentiu uma sensação atravessar o seu corpo. Uma luz que fizeram seus olhos correrem para o canto da sala e avistar uma luz cintilante e pálida que levitava fragilmente e desaparecia logo em seguida. 





Uma resma grossa de papel começou a voar o que era estranho pois não havia qualquer janela aberta ou corrente de ar naquela sala, Lane ficou embarassado com a situação e começou a juntar os papeis. Kristie então voltou do banheiro enquanto dizia. 

Kristie: - Estou pronta ! Vamos Alex precisamos descobrir quem é o verdadeiro informante do DP se é que realmente existe um. 

Dr. Lane que ainda terminava confusamente de arrumar os papeis disse: 


Dr. Lane : - Certamente existe alguém naquele DP que auxilia Dokks, vocês só precisam descobrir quem é. Se tiverem alguma suspeita podem me avisar por telefone. 





Citação :
Teste de Percepção+Presciência Diff 7. = 1 Sucessos


_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vinah
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 29/04/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sex Jul 07, 2017 3:50 pm

Nos momentos seguintes após proferir as palavras iniciais, Johnny sentiu-se por um breve momento que o mundo havia se invertido.  Se até então Arturiel havia possuído o corpo do jovem Johnny Boy, agora parecia exatamente o oposto. Durante uma fração de segundos, parecia que o Johnny que havia se apossado da alma - se é que Arturiel possuía uma - do cáido, pois enquanto o músico observava a reação de David Cross, o tempo pareceu congelar, e seu corpo reagiu com uma imensa excitação pelo desconhecido. Como pode um maldito de um caído, sentir tal emoção daquela forma. Por um momento, Arturiel perguntou-se se era assim que os humanos se sentiam quando foram conduzidos pelos rebeldes. Essa preocupação durou alguns milésimos de segundos, pois assim que David Cross começou a gargalhar, o corpo de Johnny relaxou.

O alívio foi grande, e logo o músico se viu sorrindo junto com os seus dois anfitriões. Enquanto sorria, Johnny percebeu que a mulher o encarava discretamente, mas havia algo de diferente nela. Algo que Johnny não conseguia explicar com a sua mente mortal, mas que Arturiel tentava decifrar aos poucos. Antes disso porém, ele ouviu David Cross informando sobre a proposta.

- Abrir o show do Papa Roach? - Johnny pensou em voz alta. - Isso é realmente uma chance de ouro David... E sabe, nesses últimos dias eu me sinto especialmente.... ahh...inspirado. - Johnny passou as mãos em seus cabelos, ajeitando-os. - Pode deixar comigo que eu vou fazer uma abertura quase divina. - Johnny riu novamente, e seu corpo todo relaxou com a conversa, e o prazer de ser sociável aqueceu a sua carne.

Enquanto Johnny sorria e preparava uma nova fala, algo lhe atingiu forte como o próprio sol durante o crepúsculo, e no olhar incinerador da mulher havia uma espécie de calor, um sussurro intrigante, acalentador e ao mesmo tempo assustador. Uma sensação estranha percorreu o seu corpo, e memórias já antigas passaram rapidamente na cabeça de Arturiel. Em milésimos de segundo, viu Hasmal, Tartys e Briathos em sua forma de glória, e também viu novamente as suas quedas. Um pensamento brotou com intensidade após aquela estranha sensação tomar conta de si " Então, eu não sou o único aqui. Há mais caídos."  E logo em seguida, Johnny viu-se virando levemente para Sara, e lhe deu um sorriso, e percebeu que apesar da mulher não mover a boca, Johnny conseguia escuta-la dentro de sua mente. Ela lhe dava as boas vindas ao Nóvo Eden.

- Fantástico. - Johnny disse para as duas pessoas. E logo em seguida olhou para David, afirmando que o músico estaria pronto para aquele desafio.

E em sua cabeça, Arturiel tentou projetar a sua voz como a mulher havia feito com ele. E assim, ele disse para Sara " É realmente um prazer estar aqui, você não imagina como. Ah, creio que você saiba."

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
bahamut
Mortal
Mortal


Mensagens : 24
Data de inscrição : 03/04/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sab Jul 08, 2017 12:24 am

Jean olhava para os lados. De repente o local estava cheio de gente. Seus amigos já haviam partido e ado aquilo policial aparentemente não precisava de ajuda, embora quisesse interrogá-lo depois. No meio de tudo aquilo Jean se perguntava se havia agido corretamente, temendo por seu amigo.

Em seguida uma mensagem chegava em seu celular. Era outro vídeo do sequestrador e para o horror de Jean, nesse vídeo os sequestradores assassinavam seu amigo Giovani derretendo seu rosto com ácido. Embora o rosto dele não estivesse nítido na gravação, a cena de um homem gritando loucamente de dor e caindo sem vida em seguida já é por si só algo perturbador. Jean não deixou de notar que o nome do Angelo foi citado como próxima vítima do sequestrador. Assim, Jean encaminhou o vídeo para Angelo e logo em seguida tentou ligar para ele mas o celular começou a pifar, como se houvesse um vírus junto com o vídeo.

Em seguida o Reitor da universidade, marido da sua orientadora, apareceu e o congratulou pelo feito heróico, enquanto Kelly estava logo atrás, visivelmente orgulhosa de seu orientado.

Obrigado Reitor, fiz o que pude! Mas se me dá licença, tenho urgência e preciso de um aparelho celular que funcione!

Kelly, digo, professora, me emprestaria o seu aparelho por gentileza?


Jean estava visivelmente transtornado e ambos Sr. e Sra. Strong olhavam para ele de forma desconcertante. Ainda assim, sem falar nada, Kelly emprestou o celular para Jean. Por sorte Jean tinha o numero do celular de Angelo decorado e discou o mais rápid possível para o amigo.

Angelo! Cara, que merda cara! Me enviaram outro vídeo! Mataram ele!
Mas que droga! Eles falaram o teu nome! Vai você e o Abel direto pra escola de filosofia. Lá tem bastante gente e hoje é dia de treino. O Leo e o Otávio vão tá lá.


Ao terminar a ligação, Jean retorna o celular para sua professora que o olhava de maneira inquisitória e assustada ao mesmo tempo. Jean a encarou por um segundo em seguida partiu para falar com a oficial.

Obrigado professora, eu te explico mais tarde o que está acontecendo.

Chegando perto da oficial que acompanhava o corpo inerte de Roy, Jean tentou chamar a sua atenção.

Olá novamente policial. Preciso da sua ajuda e é urgente. Ao que parece o zelador está envolvido em um sequestro de um amigo meu e os seus comparsas irão tentar sequestrar outro de meus amigos.

Jean estava com a imagem do video em sua cabeça. As cenas fortes não o deixavam e se via forçado a procurar ajuda da polícia, embora os sequestradores o tenham avisado para não fazê-lo. Tomara que Angelo e Abel estejam bem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beaumont
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 215
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Ter Jul 11, 2017 7:22 pm

Kamuriel (Nora Vanger)
Fé 3/3
FDV 7/7
Tormento 0/3

Dojo do Mestre Merlin - 16:15

Nora seguia em passos firmes e face meio oculta na direção dos policiais naquele fim de tarde, uma atitude de alto defesa bem caracteristica de Nora. O clima começou a esfriar e a jovem sentiu suas mãos ficarem geladas com a ultima brisa de vento que levantou copos e papéis do chão. 

Assim que o veiculo policial avistou a jovem, o som agudo do giroflex foi acionado uma única vez, como uma exigência paa que ela se indentificasse. De dentro do veiculo uma mulher saí enquanto o motorista permanece no volante. A mulher é bem alta e possuí um blazer caro, cabelo bem tratado e rosto de modelo. Mas o distintivo no cinto não deixaria ela esconder o seu propósito ali. 

Logo atrás uma caminhonete 0KM Vermelho berrante estacionava na esquina. Vidros escuros, não era possivel ver quem estava lá dentro mas Nora sabia que se tratava de Artur e seus gastos exagerados que ele estava começando a ter antes mesmo de receber os lucros da promoçao que ganhara. 

A moça se aproximava com um das mãos a segurar na cintura. Tinha passos firmes mas apesar do jeitão masculo não parecia hostil. 

- Sou a Investigadora Amanda Tiers, quero fazer umas perguntas a você ! Quero que você me relate com detalhes tudo o que aconteceu aqui ! 


De algum jeito Nora sabia que a investigadora ainda tinha uma leve suspeita sobre ela, talve a suspeita cessasse depos que Nora se indentificasse ou quem sabe não. Mas a jovem precisava pensar exatamente nas palavras que usaria a seguir e nas ações que iria cometer. Algo em seu interior dizia que a moça estava armadas na parte de trás daquele cinto que ela tanto segurava. 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beaumont
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 215
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Ter Jul 11, 2017 8:02 pm

Arturiel (Johnny Boy)
Fé 4/4
FDV 5/5
Tormento 0/3


Boate Lafayatte - Escritório de Negócios - 15:00



Johnny ainda não acreditava . A cada segundo ele descobria uma coisa nova naquela nova face do Éden. Aquele rosto mortal escondia alguém muito maior e de grandeza ainda mais absoluta. 

Talvez David tenha percebido o "lance" que ocorrou entre os dois. Pegou o copo com uma das mãos e caminhou até a porta enquanto dizia que precisava resolver algumas coisinhas. 

Quando a porta se fechou ficaram na sala somente o Profanador e sua misteriosa e admirável anfitriã. Seu sorriso exalava um gosto de vinho doce, ela foi se aproximando até ficar cerca de pouco menos de 1 metro de distancia do rapaz. Não parecia querer estar sendo sedutora mas o seu corpo e costumes já pareciam por sí só enfeitiçar a mente humana como qualquer Nereida costuma fazer em suas canções em direção ao sol poente.

Sara : - Não importa pelo o que você passou Arturiel. O que importa é que você está seguro agora.  

A moça ergue suas mãos leves na direção de Johnny. Ele não sentia hostilidade, talvez um carinho fraterno esquecido de alguém que ele deixou para trás. 


Sara: - Este mundo não está mais em guerra. Não precisamos mais ser soldados de uma causa. Você é reflexo de toda a felicidade e cohecimento que a humanidade possuí. Nós ganhamos no fim !Eu estive a sua procura desde de quando você voltou. 


Apesar de Arturiel sentir a natureza sobrenatural do Elohim, ele forçou sua mente e tudo que vinha era a imagem de Briathos, ele não conseguia se lembrar dela. Mas como um flash ele se lembrou das palavras "Olhe... Para... Cima..." Era como se o quarto rubro do escritório estivesse chovendo sangue. Artiriel então se perguntava se o que aquela mulher disse era verdade. 

Será que todas aquelas lutas mudaram o rumo da humanidade no fim ? 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beaumont
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 215
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Ter Jul 11, 2017 8:31 pm

Jean Dasnoy

FDV 5/6
Vitalidade - OK



A Caminho da Pine Wood- 15:45

Jean estava muito preocupado para se sentir parabenizado naquele momento. Ele pegou o telefone da professora e discou rapidamente o numero de Angelo. A responta ao chamado foi mais chocante do que poderia esperar. 

Jean escreveu:
Angelo! Cara, que merda cara! Me enviaram outro vídeo! Mataram ele!
Mas que droga! Eles falaram o teu nome! Vai você e o Abel direto pra escola de filosofia. Lá tem bastante gente e hoje é dia de treino. O Leo e o Otávio vão tá lá.

Angelo Ao Telefone escreveu:
- Cara é o Leo ! Eu recebi uma mensagem mandando você e eu ir para a casa da professora Kelly a noite para o jantar as 18 horas. Eles me mandaram uma foto do Leo sendo abordado por dois caras e surrando ele. Avisa a policia Agora ! Eu vou pegar o Abel e ficaremos nós três juntos !!

Jean não sabia o que fazer direito. Mas estava tentando fazer o seu melhor. Devolveu o celular a professora e praticamento ignorando-a ele seguiu até a policial que á havia permitido que o jovem Roy fosse atendido e movido. A moça se ergueu e retirou os oculos. Jean não estava para enrolação e ela percebeu isso imediatamente. Ele descreveu toda a situação para a oficial de policia que o ouvia assim que ele terminou de falar o rádio comunicador registrava a mesma ocorrencia. 

Radio Policia escreveu:
Ocorrência de sequestro de um jovem de nome Leonard Banks registrada a 4 minutos, todas as viaturas próxias da rua Pine Wood se dirijam ao local indicado pelo GPS. 

Polical : - Você vem comigo ! Mas não quero você bancando o heroi ou você vai morrer ! Entendeu ?

Não havia muito o qu ean pudesse fazer, seria interrogado dentro da viatura policial para que não perdessem tempo. Ao passarem pela escola os alunos olhavam surpresos tudo o que aconteceu, Jean não estava com cabeça para olhar para os olhos julgadores dos alunos, etava mais preocupado com Leo naquele momento. Se Izbu morreu mesmo, Leo teria o mesmo fim se ele não agisse rápido. 

Já no carro a policial acomoda Jean no assento de trás. No volante estava o policial oriental e no carona a policial que o conduziu assim que entraram no carro ela começou as perguntas. 

Policial : - Qual é a relação de vocês com esse zelador ? Vocês estão devendo alguém ? Tem algum inimigo ? Alguém que queira matar vocês ? 

Enquanto as perguntas eram feitas, o caro seguia destino a casa de Leo. 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kamuriel
Soldier
Soldier
avatar

Mensagens : 26
Data de inscrição : 10/05/2017
Idade : 23

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Qua Jul 12, 2017 10:08 am

Nora já sentia o clima mudar. Logo a noite caíria e junto com ela a criação de Kamuriel. Aquilo trazia uma certa paz a caído, mesmo que ele não entedesse ainda exatamente o porque devido às suas memórias ocultas dos tempos de glória e luz, mas não era o suficiente para tirar a agitação do momento do corpo de Nora.

No momento que o giroflex apitava uma ultima vez, indicando que era um alerta para a garota, Nora tirou o capuz deixando seu rosto bem à mostra, era bom não mostrar maneiras suspeitas pois a ultima coisa que precisava era ser revistada pela policia que iria encontrar duas facas em suas coisas.

O Demônio tentou transparecer um ar natural, algo aflito, mas não de quem tinha algo a esconder... Afinal quase vira um amigo morrer, isso não era muito dificil de expressar, já que definitivamente era o que Nora sentia.

Nora ergue as mãos diante a viatura, como mostrando que não tinha nada pra esconder. Logo uma policial saía da viatura, ela não era uma simples policial, pelo modo que se vestia era detetive, e tinha o distintivo da policia. Nora logo notou a caminheta distante, era Arthur, gastando um dinheiro que ele ainda não tinha...

"Pois é... Não adianta dar poder a uma mula, ela continuará sendo uma mula."


Amanda Tiers escreveu:
- Sou a Investigadora Amanda Tiers, quero fazer umas perguntas a você ! Quero que você me relate com detalhes tudo o que aconteceu aqui !


Nora já abaixava as mãos vendo toda a postura da detetive, que para Kamuriel, suspeitava de Nora por algum motivo... O que era muito estranho, porque suspeitar de uma adolescente que veio logo ao encalço da polícia? Ficaria atenta as motivações dessa policial. Nora logo avançou, ingenuamente, como uma adolescente faria ao ver uma autoridade protetora em um local hostil.

- Moça moça!!! Por aqui rápido!!! Meu amigo foi espancado em casa e enveneado! Ele quase morreu e vomitou uma coisa preta e eu e a Sam achamos ele no outro cômodo todo enfiado e ligamos pro hospital ele entrou numa briga ontem acho que foram os caras que ele brigou e vieram pra pegar ele!!!

Dizia ela rapidamente, sem pausas pra respirar, sem mostrar noção que a policial não sabia quem seria esse ou essa tal de "Sam", apontando a direção da entrada do dojo de Johnny. Era uma adolescente elétrica e assustada querendo apressar a policial para irem logo pro local do crime.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mitzrael
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 45
Data de inscrição : 15/02/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sex Jul 14, 2017 10:27 pm

Dr Lane: - Então conte-nos senhor Riverstorm. Como está sua estadia no novo Éden ? Nosso chefe me contou algumas coisas mas eu sempre tive curiosidade em saber como vocês resolviam tudo no debate e tribunal. Não sente saudade dessa época onde o derramamento de sangue era desnecesário ?

Quando alex ia responder a pergunta do notirio aliado , percebeu que algo lhe chamava a sua atenção

Alex tentava naõ demonstrar reção que pode se lh entregar .

Entao ele se mantinha sentado na cadeira . Seguindo com os olhos a estranha luz .

Sim senhor Lane era tempos bons quando tudo era resolvido com meros dialogos , pena que os seres humanos não sejam adbitos disso , a historia mostra o quanto sao adepitos do sangue .

Kristie: - Estou pronta ! Vamos Alex precisamos descobrir quem é o verdadeiro informante do DP se é que realmente existe um.


Sim krist vamos o tempo ta correndo contra agente .

Senhor lane brigado pelo apoio espero que as informçoes que eu passei sejam ulteis para ajudar o delegado .

E pode ter certeza que vamos fazer de tudo para descobrir quem é o traidor e pode ter certeza que ele vai pagar por isso .


Quando sai se do local .

No elevador Alex a abraçava pela cintura como fosse beija la , e com um sussurro .

Sim o que descubrir ? Algo de intereçante ? Twisted Evil Twisted Evil

_________________
"Juro consagrar minhas palavras, minhas armas, minhas forças e minha vida em defesa dos mistérios da fé cristã"- Dustiel - Da Morte Gloriosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
bahamut
Mortal
Mortal


Mensagens : 24
Data de inscrição : 03/04/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sex Jul 14, 2017 11:56 pm

Jean estava sentado no banco de trás da viatura. Seu amigo Giovani havia sido assassinado de uma forma grotesca e Jean assistiu. O zelador que o atacou poderia tê-lo matado também e agora um dos colegas da escola de filosofia e artes marciais também foi sequestrado. Como se já não estivesse tudo complicado o encontro foi marcado na casa de Kelly. A cabeça de Jean pesavs e erw difícil descobrir qual a ligação de tudo isso e wual a motivação deles. Talvez tivesse algo a ver com a escola mas agora Kelly estava na jogada. De repente tudo girava em torno de Jean mas não fazia sentido, afinal, ele era apenas um estudante!

A bela policial lhe fazia perguntas enquanto se dirigiam para a casa do Leo. Eram 16 horas e Jean estava preocupado em não se atrasar para o horario marcado pelos sequestradores. Se não fizessem o que os sequestradores desejam Leo muito provavelmente também iria morrer.

Jean encara a policial e responde as suas perguntas da maneira que consegue.

Não tenho relação alguma com o zelador. Quanto a inimigos, não sei de ninguém que iria querer fazer algo assim. Tudo isso parece mentira! Mataram meu amigo e agora pegaram outro colega meu! Não faz sentido algum! Se tem alguém que sabe alguma coisa é o zelador.

O pior de tudo é que Jean estava sem celular. Não havia como se comunicar com ninguém e isso o deixava ainda mais impaciente.

Escute oficial, sei que vocês tem que fazer a investigação, mas eu tenho que estar na casa de Kelly antes das 18 horas! A vida de Leo está em jogo. Da ultima vez achei que fosse algum tipo de pegadinha de alguém da sala. Se puderem me deixar por lá com algum oficial enquanto vocês vão pra casa do Leo eu ficaria muito agradecido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beaumont
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 215
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Seg Jul 17, 2017 7:06 pm

Kamuriel (Nora Vanger)
Fé 3/3
FDV 7/7
Tormento 0/3

Dojo do Mestre Merlin - 17:00

A garota tomou todos as medidas necessárias para que não fosse confundida com alguém que pudesse agir de maneira prejudicial a policial. 

Nora escreveu:
- Moça moça!!! Por aqui rápido!!! Meu amigo foi espancado em casa e enveneado! Ele quase morreu e vomitou uma coisa preta e eu e a Sam achamos ele no outro cômodo todo enfiado e ligamos pro hospital ele entrou numa briga ontem acho que foram os caras que ele brigou e vieram pra pegar ele!!!

A policial não demorou se desvencilhar da arma e tomar uma posição um pouco mais tranquila. Ela olhou para trás e pediu para que seu parceiro que dirigia o carro trouxesse alguma coisa. As duas finalmente se aproximaram. Nora estava apenas sendo a Nora que deveria ser, o que deixou a policial um pouco sem jeito mas ainda mantendo a postura. 

Oficial Amanda : - Calma minha jovem ! Hey Nicolas  traga o material de coleta. Hey garota está tudo bem agora. me leve até onde você viu tudo isso. 

As duas então seguiam com o outro policial logo atras, ele parecia ainda mais sério e se manteve distante da dupla o tempo inteiro. Amanda seguiu Nora a começou sua investigação. Usou um aparelho estranho igual uma lanterna que permitia ver mais claramente as impressões digitais deixadas no local. Ela avaliou minunciosamente cada ponto do dojo e percebeu coisas que Nora não havia percebido. Enquanto isso ela continuava um interrogatorio menos denso com Nora. 

Amanda: - Veja, alguém esteve aqui com seu amigo, eu fiz um levantamento da base do banco de dados da policia. O nome do cara é Michael. Conhece ? Já foi preso algumas vezes por dirigir bebado mas nada demais. Talvez esse Michael seja apenas outro amigo da vitima ainda é muito cedo para apontar dedos. Mas eu sei que ele esteve aqui. 

Amanda aproveitou para interrogar Nora o maximo possivel enquanto ela colhia mais provas no local. Perguntou a Nora, seu nome, seu envolvimento com o garoto, há quanto tempo se conheciam e se ele tinha inimigos, ou devia alguém. Nenhuma dessas perguntas Nora era obrigada a responder mas Amanda fez Nora perceber que quanto mais ela soubesse do caso mais facil ficaria para entende-lo.

Quase uma hora depois o policial alto de aparencia arrogante chegaria com o resultado da estranha coisa que o Johnnathan havia vomitado. 

Detetive Nicolas: - Amanda o resultado acabou de vir do centro de análises, isso se trata de uma pele ophidia que estava dentro do organismo do jovem Johnnathan. Não sei como alguém fez ele ingolir isso mas realmente existe residuos de sulco gastrico intestinal junto. 

Amanda : - Okay isso já está ficando muito estranho. Não me admira que o garoto esteja com grave indicio de envenenamento. Vamos fazer uma varredura em todos os institutos da cidade. Vamos encontrar de onde veio essa cobra e o melhor. A pessoa que fez isso com seu amigo Nora. Talvez seja melhor você dar todo o suporte necessario ao seu amigo e me ligar se souber de alguma coisa. 

Amanda então entregou um cartão. A policia parecia estar fazendo bem o seu trabalho. Mas o que mais preocupava Nora é que Johnnathan havia sido envenenado, mas por quem ?

Nora teste de Carisma + Empatia Diff. 4 = 4 Sucessos

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beaumont
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 215
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Seg Jul 17, 2017 8:10 pm

Dustiel (Alex Riverstorm)
Fé 3/3
FDV 8/8
Tormento 0/4


Lane & Lane Advogados - Centro Sul da Cidade  - 16:30

Alex escreveu:
Sim krist vamos o tempo ta correndo contra agente . 

Senhor lane brigado pelo apoio espero que as informçoes que eu passei sejam ulteis para ajudar o delegado . 

E pode ter certeza que vamos fazer de tudo para descobrir quem é o traidor e pode ter certeza que ele vai pagar por isso .

O advogado deixa a dupla com um ultimo pedido a ser feito. 

Dr. Lane : - Encontrem o verdadeiro culpado pelos atos de traição a corte de Miliel na cidade e enfim estarão ajudando o Delegado Perkings. Sem descobrir o verdadeiro homem ou mulher por trás disto não teremos como inocenta-lo. 

Aquele recado foi crucial para manter Kristie e Alex pensativos até chegarem no elevador. A jovem estava séria quando finalmente voltou a conversar com alex. 

Kristie : - Não consigo acreditar que qualquer um daqueles caras poderia ter feito uma coisa dessas a Agniel. Ele sempre cuidou de nós da Amanda, do Kurt. Até mesmo do próprio Spencer ele livrou várias vezes que essa cidade pudesse ser palco de alguma coisa mais perigosa. Ele sempre manteve essa cidade segura e agora...

Kristie levava as mãos ao rosto enquanto Alex tentava consola-la. 

Alex escreveu:
Sim o que descubrir ? Algo de intereçante ?


Kristie: - Você está falando do computador do dr. Lane ? Esse prédio é novo demais e possuí uma pelicula pouco mais densa que o normal. Não havia espiritos ou espectros aqui entao tive de retirar um do outro mundo ara vigia-lo. Assim que ele acessar o computador nós ficaremos sabendo o que tem naquelas pastas sobre Dokks, mas enquanto ele não acessa teremos de esperar. Alex, como acha que encontraremos essa suposta falha na nossa delegacia ? Será que tem alguém realmente metido lá ? Com quem você acha que devemos conversar primeiro? A serva de Agniel , Amanda Tears ? Nosso amigo Kurt da imigração ? Ou a policial Amy Jay ? Ela é a mais nova da corporação depois de você então se alguém pode ser suspeito pode ser ela. Não ?Na verdade eu não consigo desconfiar de ninguém !.. Até mesmo colocar um espirito na cola do Dr. Lane me pareceu errado... Como deveriamos começar isso tudo ?

Alex percebeu que realmente tudo estava muito complicado. Alex teria que ser um grande investigador para conseguir evoluir neste misterioso caso. 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beaumont
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 215
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Seg Jul 17, 2017 9:04 pm

Jean Dasnoy
FDV 5/6

Vitalidade - OK



Pine Wood Street - 16:00


Jean escreveu:
Não tenho relação alguma com o zelador. Quanto a inimigos, não sei de ninguém que iria querer fazer algo assim. Tudo isso parece mentira! Mataram meu amigo e agora pegaram outro colega meu! Não faz sentido algum! Se tem alguém que sabe alguma coisa é o zelador. 

Os policiais tentavam acalmar Jean, mas ele estava preocupado com o destino de Leonard. Temia pelo pior da mesma forma como Izbu morreu, Leonard também poderia morrer. No radio anunciava que haviam encontrado o corpo de um garoto com os traços parecidos aos de Giovanni no Pier próximo a praia. A policial fez questão de desligar o rádio da policia e olhou para Jean. 

Policial Jay: - Desculpe Jean, é esse seu nome não é ? Eu me chamo Jay e eu espero que não ouça mais o rádio patrulha, você só vai se machucar, vamos focar no seu amigo Leonard, ele ainda pode estar vivo. Pense se existe alguma ligação entre vocês. De onde você e seus colegas se conhecem ? 

Não demorou muito para que o carro encostasse na rua em que Leo morava. Uma casa comum, ele morava com a mãe e pai, ambos estavam preocupados já eram de uma certa idade, mas ficaram ali na frente de casa até que a policia chegou. A policial Jay se aproximou do casal de velinhos e começou a interroga-los. 

Jean escreveu:

Escute oficial, sei que vocês tem que fazer a investigação, mas eu tenho que estar na casa de Kelly antes das 18 horas! A vida de Leo está em jogo. Da ultima vez achei que fosse algum tipo de pegadinha de alguém da sala. Se puderem me deixar por lá com algum oficial enquanto vocês vão pra casa do Leo eu ficaria muito agradecido.

O policial de olhos puxados e cara de Japonês estava dirigindo o carro, se aproximou de Jean e indagou baixo:


- Deixa que eu te dou a carona enquanto a oficial Jay fica aqui buscando o depoimento dos pais de Leonard. Tome cuidado garoto. Vamos. 

Kurt então conduziria Jean até a casa dos Strong. Uma grande casa um pouco afastaa da cidade , porem bem próximo da Universidade de Ciencias Biológicas. A casa não tinha muros e possuía um belo jardim de rosas, havia um senhor que cuidava das rosas quando o carro estacionou. Jean finalmente estava de frente a residência de Kelly Strong. 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
bahamut
Mortal
Mortal


Mensagens : 24
Data de inscrição : 03/04/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Ter Jul 18, 2017 12:20 pm

Jean estava no carro com os dois oficiais, quando a rádio patrulha começou a noticiar sobre o corpo encontrado e sua semelhança com Giovani. O policial desligou o radio e se virou para Jean

Desculpe Jean, é esse seu nome não é ? Eu me chamo Jay e eu espero que não ouça mais o rádio patrulha, você só vai se machucar, vamos focar no seu amigo Leonard, ele ainda pode estar vivo. Pense se existe alguma ligação entre vocês. De onde você e seus colegas se conhecem ?

Jean estava abalado sim, mas a ficha ainda não havia caído. Sua cabeça estava focada nos sequestradores, nos seus motivos e em como se proteger e aos seus amigos.

A pergunta do policial o fez pensar mais um pouco sobre os seus amigos.

Pensando bem, eu e meus amigos frequentamos uma escola de filosofia e artes marciais. Giovani, Leo, eu, Angelo, Rodrigo. Será que todos de lá estarão em perigo? Preciso falar com o Otávio, ele é o diretor da escola. Poderiam entrar em contato com ele?

A preocupação de Jean aumenta ao considerar que a escola e seus frequentadores seriam um alvo. Mas ainda assim eles parecem ter um foco em Jean. Teria isso sido aleatório? Eles tinham o telefone, provavelmente devem ter o endereço. Sabiam exatamente aonde ele estava na faculdade e que estava com a professora Kelly, graças ao zelador. Aonde mais estariam infiltrados?

A viatura chega na casa de Leo e Jean comenta sobre a necessidade de estar na casa de Kelly e então um dos policiais o leva até lá enquanto a outra policial fica na casa do Leo.

Ao chegarem na casa, Jean admira a beleza do lugar e procura por Angelo e Abel. Ele também nota um funcionario cuidando do jardim e fica de olho nele. Qualquer um pode estar envolvido com os sequestradores e Jean não quer ser pego desprevenido.

Oficial, os sequestradores combinaram para nos encontrarmos aqui mas não sei o que estão aprontando. Se importa de ficar aqui até meus amigos chegarem?

Jean então foi com o oficial até a campainha para verificar se Kelly e seu marido haviam chego.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kamuriel
Soldier
Soldier
avatar

Mensagens : 26
Data de inscrição : 10/05/2017
Idade : 23

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Ter Jul 18, 2017 12:50 pm

Rapidamente a policial foi convencida de que a garota não era um motivo de perigo, de certa forma ser uma adolescente de dezesseis anos tinha as suas vantagens, por mais que a intenção da Inspiração da Noite não fosse nem um pouco machucar a autoridade, pelo contrário, era ajudá-la. O Sucesso da policial era de seu interesse.

A aflição de Nora com o momento era real e Kamuriel sentia isso de modo que o influenciava a agir com o corpo de Nora àquela maneira.

- Rápido rápido!!!

A menina apressava, não chegando a tocar em Amanda, mas quase com a intenção de puxá-la pelo pulso para apressá-la mais. Ela reparou que o outro policial estava mais afastado, ela devia desconfiar daquilo? Por Lúcifer, a paranoia começava a tomar conta da menina e do Caído.

Eles chegaram ao dojo e Amanda começou a usar uma lanterna que revelaram impressões digitais e acabaram descobrindo que por Nora passaram batido.

"Ah vá, se eu tivesse uma dessas também teria achado."

Pensou um pouco intrigada e raivosa não ter encontrado algo, os jovens detestam não estar com a razão, ou um passo a frente.

- Isso daí é daquelas lanternas ultravioletas?? Eu acho que já vi no CSI! Posso ver???

Dizia a garota com a curiosidade e caltela em sua voz.


Amanda escreveu:
Veja, alguém esteve aqui com seu amigo, eu fiz um levantamento da base do banco de dados da policia. O nome do cara é Michael. Conhece ? Já foi preso algumas vezes por dirigir bebado mas nada demais. Talvez esse Michael seja apenas outro amigo da vitima ainda é muito cedo para apontar dedos. Mas eu sei que ele esteve aqui.


Nora fez uma expressão pensativa, começara a dar dois passos à sua volta e mordiscando a ponta do polegar enquanto pensava.

- Acho que não conheço... Eu vou ligar pra Sam, ela deve saber!

Antes que ela ligasse, Amanda começou a fazer as perguntas padrões, Nora não via problema em responder, de modo que falou seu nome, que conhecia Johnatham a cerca de um ano, era primo de sua amiga Samantha, ele era mestre de Kung Fu e era mestre dela e por isso quem tiver feito isso provavelmente foram mais de uma pessoa, ou super agente secreto pra dominar o Jonatham dessa forma. Nora não sabia se devia alguém mas Johanatham tinha inimigos sim, os caras que o agrediram no bar na noite passada, Nora disse o nome do bar e contou à Amanda o que Sam havia a contado.

Um bom tempo se passou, Nora estava mais calma com a presença da policia, já agia normalmente. O outro detetiva chegava.


Detetive Nicolas: escreveu:
- Amanda o resultado acabou de vir do centro de análises, isso se trata de uma pele ophidia que estava dentro do organismo do jovem Johnnathan. Não sei como alguém fez ele ingolir isso mas realmente existe residuos de sulco gastrico intestinal junto.


- Ophi-o-que??? Que é isso???


Amanda : escreveu:
- Okay isso já está ficando muito estranho. Não me admira que o garoto esteja com grave indicio de envenenamento. Vamos fazer uma varredura em todos os institutos da cidade. Vamos encontrar de onde veio essa cobra e o melhor. A pessoa que fez isso com seu amigo Nora. Talvez seja melhor você dar todo o suporte necessario ao seu amigo e me ligar se souber de alguma coisa.


- Uma cobra???? Como uns briguentos de bar conseguiram uma cobra e venenosa??? Detetive Amanda, eu posso ajudar! Eu conheço aquele bar, minha amiga frequenta bastante lá e o pessoal já me viu bastante! Me deixa ajudar, eu posso ser bastante útil principalmente pra não levantar suspeita, vai ficar mais fácil saber as coisas!!! O Jonatham me ajudou bastante, eu devo isso pra ele, por favor, por favor, por favor!!!

Nora suplicava e juntava as duas mãos na frente do rosto como oração.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vinah
Knight
Knight
avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 29/04/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Hoje à(s) 7:01 am


Johnny Boy sentia-se extasiado, não mais pelo sucesso que poderia fazer com os shows, mas agora cada célula do seu corpo vibrava em resposta pela proximidade daquela mulher. Cada movimento dela, desde o olhar ao simplesmente respirar, encantava profundamente a carne de Johnny, mas Arturiel sabia muito bem que aquela beleza era muito maior que algo simplesmente mundano. O caído relembrava a beleza de antigamente, e o passado o aquecia com exatidão. Era bom sentir um outro caído perto, mesmo que aquilo fosse se revelar no futuro algo amedrontador, o que importava agora era o prazer, o sentimento que aquecia não só a carne de Johnny, mas também o próprio caído. Se havia perigo no que fazia - e Arturiel sabia disso -, não importava muito naquele momento.

- Sim... é bom estar aqui, num lugar onde eu possa tocar e sentir as coisas. - Ele disse sem pensar, encantado com a proximidade da mulher. - Nós vencemos? - Arturiel tentou refletir sobre o que aquilo significava, mas não houve tempo, pois a mulher havia dito que o procurava desde quando ele havia voltado. Imediatamente, a curiosidade em saber sobre quem era de fato Sara fez com que o caído relembrasse momentos vívidos do passado. Ele tentou captar a essência da mulher, tentou descobrir quem era, mas tudo que veio a sua mente era a imagem de Briathos, seu antigo irmão e traidor. E logo em seguida, as próprias palavras de Arturiel voltaram a sua cabeça, na cena onde ele derrotava Briathos com a ajuda de seus companheiros de legião. O caído então transportou-se mentalmente para aquela antiga ocasião. Ele podia ver as gotas de sangue ao seu redor, caindo e salpicando todo o cenário de vermelho. Na verdade, quando Arturiel retornou a si, ele perguntou-se se havia voltado no passado ou se fora a própria sala em que estava agora que havia se transformado em chuva de sangue. Ele não sabia direito o que havia acontecido, tudo era muito novo, e confuso para ele. No entanto, de uma coisa ele sabia, não deveria confiar em alguém tão facilmente, mas ele tentou não deixar isso a mostra. - Se vencemos, nossos sacrifícios não foram em vão. Sinto-me extremamente alegre em estar aqui, e entristeço-me por aqueles que não conseguiram perdurar até o fim da batalha. Diga-me Sara, me procurastes e agora estou aqui na sua frente, e no entanto, ainda não sei sobre o seu passado. Peço então que me diga quem você é, e assim poderemos nos regojizar com a vitória.

Arturiel surpreendeu-se com o próprio tom de voz, a maneira como ele proferiu as palavras, pois de certa forma, era um jeito de se expressar mais antigo, como se a própria linguagem que Arturiel usava antigamente havia se mantido, mas ainda sim, de forma degenerada e pouco gloriosa. Ele não se preocupou em parecer extremamente mecânico, pois por dentro Arturiel sentia um misto de medo e prazer, e aquilo o aquecia tão bem como a presença do outro caído.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [VB6] Valor maior que o da variável Long
» Big Apple (Nova York by Night) - O Conto da cidade Vampirica .
» New Jersey by Night - Projeto Paradoxo
» New Jersey By Night - Tempos de Loucura
» [ÁLBUM] Troye Sivan - The Night is Timeless

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Entre Anjos e Demônios :: Narrativas :: Crônicas Oficiais-
Ir para: