Entre Anjos e Demônios

Forum gratis : Fórum destinado ao sistema de RPG storyteller Demônio a Queda para jogos Play By Fórum. Narradores e Jogadores ativos. Sistema de Exp e evolução de Personagem. Seja um Anjo ou um Demônio em uma busca pela decisão do Juizo Final.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Dom Jul 23, 2017 9:26 pm

Arturiel (Johnny Boy)
Fé 4/4
FDV 5/5
Tormento 0/3


Boate Lafayatte - Escritório de Negócios - 15:30

Johnny Boy escreveu:
- Se vencemos, nossos sacrifícios não foram em vão. Sinto-me extremamente alegre em estar aqui, e entristeço-me por aqueles que não conseguiram perdurar até o fim da batalha. Diga-me Sara, me procurastes e agora estou aqui na sua frente, e no entanto, ainda não sei sobre o seu passado. Peço então que me diga quem você é, e assim poderemos nos regojizar com a vitória.


Sara Geller : - É muito cedo para que você se lembre de mim, seria raro que conseguisse manter sua memória nesta casca mortal. Eles são tão frágeis, suas mentes nunca aguentariam milenios de memorias. 

A moça então olha para baixo demonstrando fragilidade, hesitou na hora de falar e buscou alguns segundos para tomar coragem para se revelar. 

Sara Geller : - Trono da Tempestade de Sangue...Eu estava lá quando você foi confinado ao abismo, eu fiz parte da Hoste Divina de Miguel até aquele dia. Você e os outros 13 Anjos da Rebeldes nos venceram como se fossem um exército contra nós. Não foram as armas, ou poder que possuíam. A Fé foi o instrumento mais forte que tiveram sobre nós. 

A moça então ergueu o rosto. Havia um pouco de vergonha em seus olhos mas isso não a impediu de continuar seu depoimento. 

Sara Geller : - Briathos foi meu comandante. Meu estandarte naquela batalha, nós marchamos por tempos e eras derrotando os rebeldes até chegar no bastião em que estavam. 14 vocês eram, 14 e mesmo assim caímos. Tartys não me obliterou, ele sabia que eu estava derrotada por dentro e por fora da minha cerne e ele me disse "Um dia saberá que nosso objetivo foi válido" Ele partiu mantendo aquela fé inabálavel e a partir daquela vez eu disse a mim mesma que iria encontra-lo outra vez. Não há uma fé como a sua em nenhum de nós de Arturiel, você é inabalável ! E um dia se lembrará do Trono que foi no passado ! 

Com um sorriso Sara se aproximou e tocou o rosto de Arturiel atraves do queixo, seus dedos eram macios e delicados como a nuvem do inicio da manhã fria e confortável. Uma coroa flameante brotou acima da testa de Sara, a pele alva da moça tomou uma tonalidade ainda mais esbranquiçada como o mármore de carrara de um luxo estupendo. Sua voz era como o cristal cortando levemente os ouvidos de Johnny Boy enquanto ela dizia : 


Sara Geller : - Eu sou Lirus, um dia fiz parte dos cavaleiros da ordem de Briathos mas hoje sou um cavaleiro da ordem de Miliel. Faustiana com orgulho de viver entre os mortais, com a felicidade de ter uma segunda chance para proteger aqueles que eu tanto amo. 




_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Dom Jul 23, 2017 9:40 pm

Dustiel (Alex Riverstorm)
Fé 3/3
FDV 8/8
Tormento 0/4



Delegacia Central de Long Branch - Centro da Cidade  - 17:00

Alex escreveu:
Te prometo amor  vo ajudar o delegado pode ter certeza , vamos envestigar todos , eu so confio em vc . 
ja que voce menciono e uma boa  começar pela novata , depois vamos descubrir quem anda devendo , quem é currupito . 
Vamos passar um pente fico na delegacia . 
Sabe que andei pensando , será que tem alguem na delegacia ? Podiamos voltar la e comer por la  
O que vc acha krist ? 

A jovem ficou pensativa. No fim das contas Alex estava certo em não confiar em ninguém. 

A dupla então segue em direção ao centro da cidade. Não era muito longe e logo eles estavam de volta a antiga DP. O Local estava fechado por completo com adesivos de não ultrapasse nas portas e janelas. Kristie e Alex se aproximaram de um carrinho de lanches móvel enquanto pediam algo para comer, puderam ficar avaliando o perimetro do local. 

Kristie então discretamente cutucou Alex quando percebeu que homens do FBI estavam vigiando a DP. Eram poucos mas eles faziam uma vigilia de turnos e de tempos em tempos entravam e saíam pelas portas da delegacia. 

Kristie então comentou : 

Kristie : - Será que eles estão guardando alguma coisa lá dentro ? Algo me diz que tem algo importante lá dentro. É só um palpite mas pelo numero de homens circulando o local acho que tem algo estranho. Você ainda quer que eu ligue para a novata ? Qual seu plano Alex ? 

Curiosa Kristie apenas tomava um suco de laranja enquanto tentava entender o plano de Alex. 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
bahamut
Mortal
Mortal
Data de inscrição : 03/04/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Ter Jul 25, 2017 9:46 pm

Jean sai do carro, enquanto o oficial vai trocar de carro. Ao se aproximar da campainha, o homem que cuidava do jardim o avisava que o Sr. e a Sra. Strong ainda não haviam chego e que provavelmente demorariam um pouco, mas por alívio de Jean, eles chegariam em instantes.

Kelly foi a primeira a sair do carro e foi em direção de Jean. Este por sua vez admira a bela professora caminhando em sua direção, sensual e sorridente. Mesmo nervoso, Jean não conseguia deixar de admirar tamanha beleza e graça. Ao chegar, Kelly abraça Jean de forma terna e calorosa.

Que surpresa agradável Jean ! Então, sei que aconteceu muita coisa em sua vida hoje. Não precisava vir para discutirmos o assunto de sua tese em parasitologia hoje. Você pode ir pra casa e descansar bem. Não precisa ir pra escola amanhã !

Jean se entrega ao abraço, sentindo o calor e o cheiro que emanam da Sra Kelly e demora uns intantes para respondê-la.

Obrigado professora, mas eu precisava vir aqui.

O Senhor Strong terminava de guardar o carro e foi de encontro com Jean e Kelly. Jean tentava não transparecer seus sentimentos mas ele tinha quase certeza de que Kelly percebera o quão ansioso e inquieto ele estava. Bem possível que também tenha notado os olhos detalhistas de seu aluno.

Parece que o menino é esforçado, será que Consuello já fez o nosso jantar ? Estou morrendo de fome ! Acho que não vou esperar chegar a noite para beliscar alguma coisa ! Hahahaha Olá senhor La Rosa !

Jean cumprimentava o marido de Kelly e os seguiu para dentro.

Kelly não demonstrava ter fome. Jean não sabia se ela não tinha fome ou se estaria dando prioridade a outro assunto, uma vez que evitou sair de perto de Jean. O Sr. Strong por outro lado procurou algo para beliscar e parecia muito interessado no aluno de sua mulher.

Eu gostaria de pedir desculpas a vocês dois. Na verdade não estou aqui por assuntos da universidade. Hoje na sala de aula, recebi uma mensagem no celular, dizendo que um de meus amigos havia sido sequestrado e que para ele continuar vivo, eu deveria insultá-la em voz alta e sair da sala. Obviamente achei que fosse algum tipo de zuera e o que aconteceu depois disso vocês já sabem. O problema é que mataram esse meu amigo e sequestraram outro. Se eu não seguir as regras eles também matarão este amigo e a primeira ordem foi me encontrar com vocês aqui as 18:00 horas com outros amigos meus, que já devem estar chegando. Mais uma vez eu peço mil perdões. Não sei o que vai acontecer e não queria ver ninguém nesta situação. Um policial estará de tocaia do lado de fora e me deu este aparelho celular.

Aliás Sr Strong, o senhor tem alguma arma? Deixar ela ao alcance não deve ser uma idéia ruim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Kamuriel
Admin
Admin
Data de inscrição : 10/05/2017
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Qua Jul 26, 2017 12:12 am

Nora observava claramente ansiosa enquanto a policial Amanda tentava achar motivos para que a garota estivesse errada, mas não, ela não conseguia achar, podia ainda assim ter invocado sua autoridade como uma mulher da lei mas não o fez, e quando ela se mostrou convencida de que a jovem seria uma vantagem.

Amanda escreveu:
- Certo, você ir conosco mas sua mãe não vai ficar preocupada ? Eu te levo pra casa assim que terminarmos de visitar o bar. Eu não quero você andando tarde por aí mocinha, você pode estar em perigo também !

Nora quase deu um pulo de felicidade.

-YES!!! Pode deixar Detetive, e não se preocupe, vou avisar minha mãe no caminho de que estou com a senhora!!!

Abrindo um largo sorriso entredentes.

Logo eles foram para o carro, Nora sentou no banco de trás, nunca tinha estado numa viatura da policia antes, olhou em volta na verdade tentando procurar uma arma, curiosidade básica de adolescente. Ela então via Nicollas dirigindo e Amanda pegar um refrigerante Diet. Nora logo se inclinou um pouco pra frente apoiando as duas mãos no ombro do banco esquerdo e direito da frente, ficando entre os dois e disse:

- Ai, pode me dar um golinho? Isso tudo me deu uma sede...

Definitivamente Nora ia tomar só um gole, não ia abusar do refrigerante da policial. Tão logo, ela logo mandava mensagem pra Arthur.

Mensagem de Nora  What a Face
 

No meio do caminho, quando Arthur avisasse que falou com Selina, Nora imediatamente ligaria para sua mãe dizendo que estava com a policial e que estava tudo bem e que a própria policial levaria ela para casa, fez isso mais para se mostrar uma menina responsável para Amanda a fim de fazer com que a policial sinta-se mais disposta a confiar nela.

Por fim desligaria a ligação, ouviu Amanda e Nicollas conversarem sobre o caso e prestou atenção no porte que eles diziam.

Amanda escreveu:
- Por que não liga para sua amiga Sam para saber como está seu amigo ? Pergunte se ela conhece algum Michael, se o seu amigo estiver acordado faremos um interrogatorio simples para ver o que descobrimos.

- Sim senhora!

Nora já pegava o celular e ligava para Sam, e então eles chegavam no bar que estava fechado ainda mas avistando Jerry e uns ajudantes a descarregar a carga daquela noite. Nora ainda não havia descido do carro, queria falar com Sam primeiro antes de sair, apenas esperou que a namorada atendesse e ficava atenta a Jerry e seus ajudantes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Vinah
Lammasu
Lammasu
Data de inscrição : 29/04/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sex Jul 28, 2017 6:44 pm

Arturiel ouvia atentamente o que a mulher dizia, e a cada palavra que era proferida por ela lançava um efeito sobre o caído. Inúmeros sentimentos vieram a tona, e o caído sentia o peso do passado.

- Eu realmente sinto que parte do meu passado se perdeu. Johnny parece não suportar tanta informação. - Ele ouvia o que Sara falava, e a respondia a medida que ela continuava a contar a história de quem era ela. - Briathos...Tartys....

Arturiel falou o nome de Briathos e de seu antigo companheiro, Tartys, de forma automática, pois enquanto a mulher falava quem era ela, o caído era consumido pelo passado. Sua mente estava em outro lugar, há milhares ou séculos no passado, o tempo no abismo fora incerto, de modo que era impossível dizer quanto tempo havia se passado. De qualquer jeito, Arturiel rememorava os tempos antigos, em especial aquela batalha. Os rebeldes iriam ser derrotados, mas Arturiel fora inundado pela força e vontade, e então revidara obtendo a vitória. Os rebeldes venceram, mas a que custo? Inúmeros legalistas e amigos foram perdidos, deixando Arturiel literalmente sentado em um Trono de Sangue. Após esse flashback, Arturiel voltou a se concentrar em Sara, e em sua boca havia um gosto agridoce por causa da lembrança.

- Eu me lembro desse combate. Lembro-me da dor e do horror, lembro-me de não saber como seria o fim. De certa forma, olhando o que nos aconteceu, sabendo da punição que nos aguardava, a obliteração seria um destino agradável. No entanto, estamos aqui, e tudo que posso pensar é que nós vencemos, porém a que custo? Todos aqueles que nos rodeavam desapareceram, e essa vitória mais do que nunca tem um sabor azedo. - Arturiel dizia as palavras do fundo de seu ser, havia uma dor que nunca cessaria impregnado em sua carne, atormentando-o para o todo sempre. Sim, eles tinham vencido e Arturiel estava vivo agora, mas e seus irmãos? Aqueles que foram destruídos em nome da humanidade, a qual os renegaram no fim. Apesar da tristeza, o passado não poderia ser alterado, e por isso, Arturiel sentia que devia honrar seus irmãos. Sentia que deveria louvá-los, mas que primeiro, ele precisaria de poder. Poder para punir aqueles que causaram aquela imensa dor, dando assim um descanso eterno a memória antiga de seus companheiros. - No entanto, regojizo-me em estar aqui perante você.

E quando Arturiel ia falar mais, Sara tocou seu rosto, e a caída se revelou totalmente para Arturiel. Ele podia sentir a beleza dos tempos antigos na caída, podia relembrar como o mundo um dia fora belo. E aquilo era estranhamente triste, pois tudo de belo ali era apenas Sara, pois o mundo havia apodrecido e chegara ao fim. O mesmo mundo por qual tantas vidas foram perdidas na Guerra da Ira.

- Lirus, é um prazer imenso em ter a sua companhia. Se Tartys conseguiu enxergar a verdade em você, aceito-te como um amigo em memória ao nosso passado. - Arturiel disse em um tom formal, e logo depois relaxou. - Fico feliz que tenha encontrado a verdade, e mais feliz ainda em saber que compartilhamos a mesma chance de viver novamente. Sinto um prazer enorme em estar aqui agora, honrando o passado e aproveitando o que melhor esse mundo é capaz de nos dar.

Arturiel fez uma pausa, após aceitar Lirus como uma amiga. Logo depois, ele continuou a dizer.

- Diga-me tudo que eu preciso saber sobre esse novo mundo. Creio que há outros caídos como nós, não é mesmo? E essa ordem de Miliel, o que é? Sinto que ainda estou um pouco perdido nesse mundo, e preciso me atualizar nesse sentido para fazer o que eu tenho que fazer. O passado sera relembrado, e a nossa luta não ficará apagada na história.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sab Jul 29, 2017 8:42 pm

Jean Dasnoy
FDV 5/6
Vitalidade - OK


Residencia da familia Strong - 17:00

Não demorou muito para que Jean contasse toda a história para o casal. Havia muitos detalhes o que chocou Kelly e seu marido a cada nova coisa que o garoto contava. Uma verdadeira historia de filme de suspense rondava a vida do universitário naquele dia. 

Kelly ergueu as mãos na cabeça em um gesto de desespero, ela tentou se acalmar e  então disse 

Kelly : - Tenha calma Jean isso tudo vai terminar bem. A policia estava na porta quando chegamos, eles vão cuidar de tudo. Você está seguro em casa, temos sistema de segurança e alarmes. Ele está seguro aqui não é querido ? 

O homem ainda tentava raciocinar, olhou pela fresta da janela com olhos de preocupação mas nada viu lá fora além da noite que estava começando a cair. Então ele seguiu para dentro dos quartos da casa as pressas. 


Kelly: - Não entendo o porque de se encontrar conosco. Será que os sequestradores ouviram algo sobre o seu TCC ? Querido Jean, você está encrencado com alguma coisa ? 

A professora então se sentou na mesa de jantar e pediu para que Jean fizesse o mesmo e se sentasse bem próximo a ela . Kelly então segurou sua mão delicadamente para mostrar que estava preocupada com o rapaz, havia um cheiro assado bom que vinha do forno e que de certa forma agradava o jovem. Mas ele ainda estava preocupado. 

Então passos novamente foram ouvidos, era um toc toc rapido de sapatos de salto, uma mulher de aparentes 22 anos e aparencia as pressas. 


Joselyn : - Señora ! Desculpe eu quase queimo tudo !! Ow desculpe !

Kelly se levanta rapidamente para que a jovem não pensasse algo de errado e colocou a mão direita na cabeça em um gesto visivel de dor na tempora. 

Joselyn : - Mil desculpas ! Eu não vou errar, só preciso tirar o frango do forno, o jantar ficará pronto logo logo . 

A moça então colocou 3 pratos a mesa e começou a servir o jantar. Kelly ainda demonstrava incrivel preocupação, mas mesmo assim se sentou novamente e começou a se servir de molho, salada entre outras coisas. A fome de Jean intercalava com a ansiedade. Ele não havia comido nada o dia todo e isso enfraquecia bastante o jovem, mas havia o peso da depressão de ter perdido o amigo unido a tudo o que estava acontecendo. Jean sentia que seu corpo estava fraco e cansado no fim das contas. 

Kelly: - Sirva-se Jean. Tudo o que nos resta é esperar seu amigo e a policia para que tudo acabe bem. Oh meu Deus ! 

O sr. Strong voltava para a sala de jantar om a face ainda mais séria e as rugas da face ainda mais tortas. Estava visivelmente irritado e se sentou colocando a M92F em cima da mesa ao lado do prato. A jovem empregada se comprimiu perto da geladeira com medo e sem entender o que estava acontecendo começou a falar palavras no idioma espanhol . 

Kelly : - Meu Deus. Querido, essa arma precisa ficar em cima da mesa ?! Isso está carregado ? 

Mr. Strong : - Sim & Sim. Alguém precisa cuidar de vocês. Vamos comer ! E não falaremos mais sobre esse assunto. Jean coma, você e eu somos os únicos que podem fazer algo para protege-las ! Preciso de você forte. 


Joselyn : - Mas o que está havendo ? 

Kelly : - Nada Joselyn apenas sirva Jean por favor. 

Joselyn então se aproximava de Jean com um pedaço de frango e começava a cortar colocando no prato, sua mão tremia ao ver o Sr. Strong com uma arma na mesa, ela realmente não sabia o que estava acontecendo. 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sab Jul 29, 2017 9:04 pm

Kamuriel (Nora Vanger)
Fé 3/3
FDV 7/7
Tormento 0/3

Em Frente ao Pub Point - 17:45

Nora agia de forma um tanto despreocupada dentro da viatura. Era seu jeito de ser e de certa forma não incomodou muito a Nicolas e Amanda. Nora avisou seu pai que parou de perseguir a viatura e consequentimente avisou a mãe de Nora que fez questão de mostrar para a policial que estava tudo bem. 

Assim que chegaram na frente do Pub. Nora realizou a ligação para Samantha. A voz da moça estava abatida e relativamente baixa. 

Samantha Ao Telefone escreveu:
Nora é tão bom ouvir a sua voz ! O John ele está super mal ! Meu Deus, ele teve uma parada cardiaca sabe ! O coração dele parou e os médicos passaram vários minutos até conseguirem fazer ele voltar, Johnnathan é tão forte, mas eu tenho medo do que pode acontecer. 

Samantha estava mesmo abalada com a chance de seu primo perder a vida. O que de certa forma também tocava o coração da jovem que remetia algumas lembranças do garoto, seu sorriso e sua forma de sempre lidar com as coisas da vida com vontade. Johnnathan era um batalhador. 

Amanda : - Aconteceu alguma coisa querida ?

A policial se virou para perguntar o que havia ocorrido, sentou que algo não estava estava certo. Nicolas porem era bem mais centrado e manteve seu olhar nos 3 que descarregavam as coisas. Tinha olhos clinicos de quem investigava cada detalhe. Enquanto isso Nora continuava no telefone .

Samantha escreveu:
Os médicos disseram que não sabem a causa do envenenamento e que se não encontrarem a fonte do veneno não poderão fazer nada para tirar o veneno do corpo. O coração de John pode não aguentar aquele líquido negro no sangue dele. Meu Deus John aguente firme ! Ahhhhggg !

Samantha tentava não demonstrar que estava chorando, era uma jovem forte. E nora podia ouvir o som dela esmurrando alguma coisa com extrema força do outro lado do telefone. 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sab Jul 29, 2017 10:52 pm

Arturiel (Johnny Boy)
Fé 4/4
FDV 5/5
Tormento 0/3



Boate Lafayatte - Escritório de Negócios - 15:45

Depois que Lirus finalmente revelou sua natureza Arturiel a reconheceu como um anjo da primeira casa. Ele estava cheio de perguntas, mas podia setir que ela era de fato uma Elohim assim como ele, o que trazia um pouco mais perto de sua verdadeira existência. 

Arturiel escreveu:
- Diga-me tudo que eu preciso saber sobre esse novo mundo. Creio que há outros caídos como nós, não é mesmo? E essa ordem de Miliel, o que é? Sinto que ainda estou um pouco perdido nesse mundo, e preciso me atualizar nesse sentido para fazer o que eu tenho que fazer. O passado sera relembrado, e a nossa luta não ficará apagada na história.

Lirus : - O mundo mudou muito desde o nosso encarceramento no abismo. Os humanos usaram todo o conhecimento que demos para eles para criar, eles criaram o amor, criaram o ódio, casas, construções, templos que veneram entidades bem diferentes do nosso criador. Os humanos hoje possuem liberdade para fazer qualquer coisa. O criador não os limita em nada, não existe mais a Hoste Celestial, Miguel... Ora ninguém nunca mais o viu ou sequer ouviu falar dele. Dizem que o criador não se intromete a mais de dois mil anos. A verdade é que os únicos capazes de proteger os humanos deles mesmos e de outras atrocidades somos nós. 

A moça aproveita que está contando tudo para se aproximar da porta enquanto observa a movimentação da boate, seu semblante se fecha e ela volta a assumir a postura de beleza mortal da empresária Sara Geller. Ainda próxima da porta olhando para fora ela diz : 

Sara : - Spencer cuida de nós e cuida desta cidade. Você se lembra que enquanto estávamos no abismo nem todos nós ficaram tão controlados com o que aconteceu. Spencer ou Miliel se você se sentir mais a vontade de chama-lo assim,  é um faustiano assim como eu. Nós mantemos o controle da Politica e da policia de Long Branch e livramos esse lugar dos Luciferanos Resolutos ou dos Diabolicos Rapinantes que querem destruir tudo pela frente. Cada um resolveu viver a vida da melhor forma, eu chamo de segunda chance. Estou cansada da ideia de que a estrela da manhã irá voltar para liderar uma nova revolução, acho que tanto o criador quanto lucifer não se importam mais com esse éden ...

A moça então volta, se senta no banco de madeira e fica calada. Ela espera algo de Arturiel. O mesmo recebe uma mensagem no celular de Alice que diz "Eu e sua surpresa aguardam no Shopping !!!! Very Happy I love you I love you I love you " Havia tanta felicidade a mensagem que Johnny percebeu que Alice só ficava assim quando estava realmente feliz. Sara arregalou os olhos para chamar a atenção de Johnny outra vez. 

Sara: - Agora você já sabe um pouco do que acontece aqui. Somos nós Elohim que decidimos muito dessa terra. Miliel protege esta cidade e os mortais dela o máximo possivel, eu queria que você conhecesse Spencer. Ela ficará muito feliz em saber que Arturiel está entre nós ! O que me diz ?

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
bahamut
Mortal
Mortal
Data de inscrição : 03/04/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Seg Jul 31, 2017 10:35 am

Jean não se sentia bem em jogar esse peso nas costas de Kelly e seu marido, mas sabia que seria muito melhor do que serem pegos de surpresa por alguma situação perigosa. Kelly tentava acalmar Jean e perguntava a ele se ele conseguia imaginar algum motivo para que os sequestradores focassem agora nela e no reitor da universidade.

Não professora, eu não sei de motivo algum com relação aos motivos deles. Eu não tenho problemas com ninguém. Mas se o zelador estava de olho na hora da aula, é bem provavel que ele tenha escutado algo sobre o TCC. Talvez a polícia descubra algo no celular dele.

Olha, me desculpe! Eu não tinha como imaginar isso tudo Kelly. Me perdoem, você e seu marido.


O marido de Kelly estava bem nervoso e saiu para buscar sua arma. A empregada, uma latina muito gata, também ficou nervosa ao ver a arma em cima da mesa.

Jean achava estranho seus amigos não terem chego e resolveu usar o telefone que o policial havia lhe passado para ligar para eles.

Alo, Angelo? Aonde você ta cara! Já ta chegando? Eu to na casa da Kelly!

A empregada então começa a servir a comida, a pedido do seu patrão, mas suas mãos estão tremendo ao servir Jean.

Moça, pode deixar que eu me sirvo! Não precisa ficar nervosa.

Jean comia a comida com calma mas apreensivo, como se algo fosse acontecer a qualquer instante.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Mitzrael
Admin
Admin
Data de inscrição : 15/02/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Qua Ago 02, 2017 4:27 pm

Alex olhava o pelimetro , e via que não so ele , mas Krist tbm via que algo estranho tava acontencendo

Dentro da quela delegacia .

Alex se aproximava de sua amada .

-sim vc tem rasao tem algo la , por sorte será o delegado .


Temos duas possibilidade uma ir na troca de turno deles ou ir pelo esgoto .

Mas acho que indo pelo esgoto seja mas seguro , asim agente fica longe dos olhares .

Alex via se tinha algum peco ali érto com algum bueiro .

Pensando :

Se eu tive se com todas mihas dotrinas poderia entrar la facilmente .

Mas dentro desse corpo terei muito que me adaptar .

Alex olhava para krist .

Voce tem alguma ideia ? Temos de descubrir o que tem la . Twisted Evil

_________________
"Juro consagrar minhas palavras, minhas armas, minhas forças e minha vida em defesa dos mistérios da fé cristã"- Dustiel - Da Morte Gloriosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Kamuriel
Admin
Admin
Data de inscrição : 10/05/2017
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Qui Ago 03, 2017 8:51 pm

Nick escreveu:
Nora é tão bom ouvir a sua voz ! O John ele está super mal ! Meu Deus, ele teve uma parada cardiaca sabe ! O coração dele parou e os médicos passaram vários minutos até conseguirem fazer ele voltar, Johnnathan é tão forte, mas eu tenho medo do que pode acontecer.

Ouvir sua namorada, a quem Nora tem tanto carinho, ficar assim tão tensa e preocupada era de apertar o coração. A expressão da jovem loira era de tristeza e seu ranger de dentes evidenciava o nervosismo de querer morder alguma coisa pra aliviar. Ela respondia:

-Calma Nick, vai dar tudo certo, o Johnnatham não aguenta duas horas de circuito hércules no dojo atoa.

Nora também tinha medo que Jonnatham viesse a falecer, o primo de Nick tinha valor e ajudou muito a jovem com algo que mudara sua vida, sua guarda, sua defesa, além dos momentos de risadas nos treinos e de atenção para com a situação difícil que Nora passava.

Amanda escreveu:
- Aconteceu alguma coisa querida ?

Nora logo respondeu para a policial:

- Sim... O Jonnathan tá muito mal, teve duas paradas cardíacas...

Nick escreveu:
- Os médicos disseram que não sabem a causa do envenenamento e que se não encontrarem a fonte do veneno não poderão fazer nada para tirar o veneno do corpo. O coração de John pode não aguentar aquele líquido negro no sangue dele. Meu Deus John aguente firme ! Ahhhhggg !

Imediatamente Nora disse:

- Nick, presta atenção e fala isso pro médico! Ele foi envenenado com pele de Opi-Ofi, era o que mesmo Policial Amanda? Ophidia! Foi envenenado com pele de Ophidia! É uma cobra! Eles deram um jeito de botar isso nele, talvez fizeram ele engolir na briga, sei lá!!! Tinha suco gastrico na pele que acharam no dojo!

E então vira-se pra Amanda e diz com afobação e aflição em seus olhos e seu tom de voz:

- Pera um pouco Nick! Policial Amanda, os médicos falaram que precisam da fonte do veneno pra salvar ele, por favor precisamos levar essa pele que vocês acharam pros médicos! Por favor, por favor, se não o Jonathaam não vai aguentar!

Nora não levantou o tom de voz porque não queria chamar atenção para o carro que estava em uma investigação discreta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sab Ago 05, 2017 3:30 am

Jean Dasnoy
FDV 5/6
Vitalidade - OK


Residencia da familia Strong - 17:30

A situação tensa não ajudava em nada a medida que o tempo passava. O relógio redondo da cozinha apontava meia hora para as 18. Ou seja o tempo passava e cada vez mais chegava o momento em que era anunciado pelo grupo de sequestradores. Jean olhava para o celular e nada, nem mesmo uma mensagem advinda de Angelo ou Abel. Os dois estavam atrasados como sempre, mas diferentes dos encontros casuais que eles teriam para farra aquela era uma situação totalmente diferente. Enquanto jantavam a empregada terminava de servir os pratos, ela estava aflita e parecia pálida com a situação, o Sr. Strong colocava o primeiro pedaço do frango na boca e começava a mastigar lentamente, sua expressão era de tensão misturada com ódio, ele apertava o garfo com força, só Deus sabia o que se passava na mente daquele homem naquele momento. Kelly como sempe tentava ser o mais flexivel possivel. 

Kelly : - Joselyn minha querida, sente-se conosco. Coma também e tire o restante da noite de fora. venha depois de amanhã quando as coisas melhorarem. 

Com um sorriso amarelo a professora da universidade tentava amenizar a situação quando colocou a mão na cabeça e fechou os olhos, tomou um gole de água que Joselyn lhe deu mas parece que algo estava errado com ela. 

Kelly : - Minha cabeça parece que está girando ! Eu acho que vou...

Kelly deitava a cabeça na mesa subtamente. Jean olhava para o Sr. Strong e seu rosto parecia estranho e disforme, Jean perdia o equilibrio e caía ao chão, tentava movimentar as pernas mas não conseguia até que ouvia. 

Joselyn : - Finalmente fez efeito ! 

Jean perdia a consciência naquele momento. Seus olhos se fechavam e a ultima imagem que tinha era do seu celular bipando dos pés da empregada passando na sua frente....

Algum tempo depois Jean abri os olhos aos poucos, a visão turva vai tomando forma e ele percebe que está em um lugar mais escuro, uma única luz que balança ilumina o local e ele está preso em uma cadeira, ao seu lado Abel Beef mais conhecido como "bomba" está do seu lado também preso a uma cadeira com as mãos amarradas nas costas da cadeira. Ele era bem musculoso e tentava se livrar das cordas sem muito sucesso. 

Abel : - Puta merda cara ! Vão se fuder ! Palhaçada isso aqui !!

Do outro lado estava a prof. Kelly também amarrada a uma cadeira, sua blusa estava com os dois botões abertos realçando seus seios grandes sob o sutiã. Ela também estava amarrada com as mãos nas costas assim como Jean, os oculos de grau da moça cairam no chão e ela acabou acordando com os gritos incessantes de Abel assim como Jean. 

Kelly : - Humm ? Como viemos parar aqui ? Nós estamos no porão de casa ! 

Joselyn : - Ahhh finalmente acordaram ! 

O som vinha das escadas e a cada passo revelava mais e mais a silhueta da empregada da casa. Ela vestia uma roupa estranha negra semelhante a uma assassina ou coisa parecida, ela portava na mão uma faca grande que parecia ter quase 20 cm de tamanho, parecia afiada e ela aproximava próximo do rosto de Kelly. 

Joselyn : - Agora que estão os 3 aqui veremos se o amigo de vocês Angelo irá cumprir a parte dele. Deveria ter sido mais fácil, na verdade foi. Jean é esperto mas sua fraqueza pelo sexo oposto foi o que tornou tudo mais fácil. Vocês gostam do meu corpo perfeito meninos ? 

Joselyn parecia gostar de nutrir e instigar os dois, a moça aproximou o rosto de Kelly enquanto apontava a faca levemente em seu peito, paroximou seus lábios aos da professora e levemente a beijou. Joselyn parecia excitada com aquela situação toda mas Kelly não estava nem um pouco tranquila. 

Joselyn : - Se vocês forem bons meninos quem sabe não terão o show completo. Sigam as instruções e todos sairão com vida. Eu vou ligar para Angelo e você vai dizer algo para que ele saiba que é você mesmo. 

Joselyn então pega um telefone em um banco e realiza uma ligação, o telefone possuía um aparelho no alto falante que mais parecia uma chapa pequena de metal .  Então ela fala ao telefone :

"Angelo você tem 20 minutos para chegar a residência marcada no GPS. Traga uma jovem, entre 14 a 20 anos não preciso dizer que ela precisa nunca ter sido tocada sexualmente não é ? Faça isso ou seus amigos já eram, eu pedi isso para você o dia todo não é possive que você não tenha achado !!"

Spoiler:
 


Jean escreveu:
Teste de Vigor Diff 9. = 0 Sucessos

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sab Ago 05, 2017 4:02 am

Dustiel (Alex Riverstorm)
Fé 3/3
FDV 8/8
Tormento 0/4




Delegacia Central de Long Branch - Centro da Cidade  - 17:30

Pensativa com a ideia e pergunta de Alex, a garota mastiga a comida aind apensativa olhando para a delegacia. Os homens faziam turnos então sempre estava alguém de olho nas entradas apesar de serem poucos era impossivel saber quem estava lá dentro. 

Kristen : - Acho melhor você ir sozinho. Além de chamar menos atenção. Caso ocorra algo com você eu poderei cobri-lo aqui fora. Mantenha o telefone no silencioso eu posso ligar se eu ver algo estranho. 

Kristen então lhe dava um beijo  sem chamar muito a atenção e rapidamente se levatava pagando o homem pela comida e caminhando em direção a esquina fingindo estar indo embora. Alex então estava agora sozinho, caminhou até o fim da quadra e avistou uma tampa de bueiro em um beco. Puxou a tampa com enorme esforço mas conseguiu, seu físico não o tornava um dos mais fortes para realizar essa ação mas ecom dificuldade ele realizava. Olhou para os lados antes de descer e apenas o fez quando ninguem estava olhando. 

O lugar lá em baixo era de pouca iluminação mas ainda tinha corrente elétrica. O fedor cobria as narinas de Alex e ele precisou por a mão rosto para evitar sentir aquele mal cheiro insuportável. Ele seguiu em diante até encontrar o caminho referente a Delegacia. Não era difícil só precisou ir reto pois o sistema de tratamento de água e esgoto possuía mapas para que os operadores pudessem trabalhar e se localizarem. Ele então subiu as escadas e abriu uma tampa que dava justamente no estacionamento do DP . Não havia nada ali além de carros comuns e viaturas policiais. Ningupem esava ali, o DP estava vazio o que era um pouo angustiante para o policial. Alex podia seguir para o andar 1F e verificar os escritórios dos investigadores, o gabinete do delegado ou até mesmo dar uma olhad ano computador principal no Hall da delegacia. Alex estava dentro da Delegacia central de Long Branch . 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sab Ago 05, 2017 9:29 am

Kamuriel (Nora Vanger)
Fé 3/3
FDV 7/7
Tormento 0/3


Em Frente ao Pub Point - 18:00

Por mais que Nick tentasse não mostrar fraqueza ela estava vulnerável. A moça usava o ódio como recurso gritando com os enfermeiros ao fundo do telefone. Nora estava igualmente preocupada. John estava a ponto de morrer. 

Kamuriel já havia conhecido a morte e sabia que aquilo não era o fim, mas Nora era ingenua, tão frágil que o anjo nao percebeu quando os sentimentos da jovem se apossaram de suas ações. Aquele sentimento de preocupação era tão novo e tão humano para ele, que ele pôde ver nos olhos da policial a mesma complacência de Nora. 

Amanda : - Calma Nora, passe o telefone pra mim. Nicholas fique de olho em Nora. Eu vou comprar uma água. 

A policial então pegava o celular e saía do carro, Nora não sabia o que Nick e Amanda conversaram mais foi muito rápido. A policial voltou antes que Nicholas pudesse dizer alguma coisa a Nora, ele bem que tentou mas ele não tinha palavras para acalentar a jovem que tinha os olhos mareados de preocupação. 

Amanda entrou no carro com uma garrafa pequena de água e entregou para a jovem enquanto dizia: 

Amanda : - Nora, vai ficar tudo bem. O canalha que fez isso com Johnnathan vai ser pego. A policia está trabalhando juntamente com os médicos do Saint Gabriel Hospital. Ele está na unidade intensiva e estamos procurando um antidoto. Nicolas vai levar você para casa e isso é uma ordem, preciso que você coopere. Meu conselho é que você volte para casa, tome um banho e visite sua amiga Nick, ela perguntava o tempo todo de você. Está sendo muito dificil para ela. Qualquer coisa esse é o meu numero e o de Nicholas. Pode entrar em contato comigo a qualquer hora mesmo ! Nicholas vai te levar pra casa. 

Amanda tentava ser gentil com Nora, as coisas não estavam fáceis. Ela fechou a porta do carro e seguiu em direção de Jerry mostrando o distintivo da policia. 

Nicholas olhou para trás com uma face sem jeito para lidar com a situação. 

Nicholas : - Hey menina não fique assim. Amanda é uma ótima investigadora vamos achar esse Michael e por ele onde merece. Agora eu vou te levar pra casa está bem ? 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
bahamut
Mortal
Mortal
Data de inscrição : 03/04/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sab Ago 05, 2017 1:25 pm

Jean estava sentado, ansioso pelos seus amigos que não chegavam. Sr. Strong estava visivelmente alterado e sua esposa, a bela professora Kelly, tentava acalmar a situação dando o dia de folga para a empregada. Mas de repente tudo mudou. Kelly desmaiava na mesa e Jean começou a perder os sentidos até sua vista apagar.

Quando acordou, Jean estava amarrado em uma cadeira, escutando uma voz conhecida gritando e reclamando. Era Bomba e ele também estava preso. A sala era escura e Kelly também estava ali, presa. Sua blusa estava meio aberta, mostrando seu belo sutiã e ela também começava a acordar com os gritos de Bomba. Jean analisava o local, procurando por alguma coisa para se soltar. Talvez se ele e bomba conseguirem virar as cadeiras uma de costas para a outra, consigam se soltar. Kelly recobrava os sentidos e reconhecia o local como o porão de sua casa.

Jean: - Bomba, vamos tentar virar as cadeiras para ey abrir sua amarra e voce soltar a minha!

Logo depois que Jean fala dom Bomba, uma voz de mulher é ouvida acima das escadas.

Joselyn: - Ah, finalmente acordaram.

Era a empregada. Sim, Jean se lembra dela ter falado algo logo antes de perder os sentidos. Ela descia as escadas em uma roupa preta, como roupa de espião ou assassino e muito gostosa.

Jean olhava para Kelly, que estava muito assustada mas ele nada podia fazer, apenas sussurrar

Jean: - Calma Kelly, vamos dar um jeito.

Jocelyn por sua vez trazia consigo uma enorme faca afiada e a aproximava do rosto de Kelly. Jocelyn fala algo sobre Angelo fazer a sua parte e comenta como foi fácil prender os três, enfatizando a beleza do seu corpo para os rapazes. Ela com certeza gostava de instigar os dois e se excitava com isso, em seguida beijou os lábios de Kelly e deu um sorriso, olhando mais uma vez para Jean e Bomba. Kelly por sua vez, sem seus óculos, não estava nada bem.

Kelly explica a todos para que se comportem bem, assim todos sairiam vivos dali, depois de um showzinho. Ela iria ligar para Angelo e Jean terá que dizer alguma coisa para que Angelo escute a sua voz.

Jean não para de pensar no porque o Angelo estaria envolvido. Ele está metido nisso tudo desde o começo? Será possível? Ou será que o chantagearam também? Tomara que ele venha com ajuda, caso não esteja junto com a puta gostosa. Jean só tinha certeza de uma coisa, estava muito puto.

Jocelyn ligou para o Angelo, pedindo que ele chegasse em 20 minutos trazendo uma moça virgem. Dito isso Jean já sabia que a merda tava instalada e essa vaca depravada ia fazer uma orgia sangrenta ali embaixo. Em seguida ela colocou o telefone próximo de Jean para que ele falasse algo. Jean colocou sua cabeça toda para frente e falou bem alto.

Jean: - Que que foi seu viado. Num comeu ela direito e agora ela ta se vingando de todo mundo por sua causa seu rola mole?

Antes que ela desligasse o telefone, Jean continuou falando.

Jean: - Ou foi você Bomba? Vai me dizer que pegou essa dae e num deu conta? Diz ae, que merda é essa que você ta fazendo? Que qui tu quer com a gente? Quem matou nosso amigo?

Jean queria que ela se aproximasse, queria o rosto dela perto do seu. Queria sentir a respiração dela, olhar bem de perto a boca dela se mechendo enquanto falava e ver seus olhos. Ele queria saber o que ela sentia, se era medo, se estava exitante ou se estava mesmo se divertindo.

Jean: - Faz muito tempo que você trabalha aqui? Será possivel que você ficou esse tempo todo aqui maquinando para sequestrar e torturar universitários sem grana? Com menos da metade desse tempo tenho certeza que vc teria feito milhões em alguma mansão. É burrice ou vc ta muito a fim de dar pra mim? Se for isso, era só chegar junto! Perdeu tempo pra caramba e você não iria se arrepender.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Kamuriel
Admin
Admin
Data de inscrição : 10/05/2017
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Ter Ago 08, 2017 1:09 pm

Nora conseguia escutar o despero de Nicolly do outro lado da linha, gritando com os enfermeiros como se não houvesse amanhã. Kamuriel queria poder fazer alguma coisa e sentia-se sem saída para ajudá-la.

- Nick... Calma... Me escuta...

Nora dizia em baixo tom, um certo misto de medo da namorada ficar irritada com ela por pedir calma e por ela mesma estar tentando ficar calma.

Por mais que Kamuriel, no fundo sabia que aquilo não era motivo para tanto desespero, não conseguia fixar isso na mente de Nora. A mente mortal era repleta de inseguranças e ignorância e o Caído não sentia-se capaz de ficar sossegado quanto a isso com o lado humano de Nora tomando conta de boa parte de seu ser.

Amanda escreveu:
- Calma Nora, passe o telefone pra mim. Nicholas fique de olho em Nora. Eu vou comprar uma água.

Nora olhou para a policial, tinha lágrimas nos olhos da menina querendo descer, estavam vermelhos e inchados, a coriza começava a se formar e a insegurança impregnada na sua face, ela então volta ao telefone.

- Nick, fala com a policial Amanda, ela é legal, vai ajudar.

E assim a garota passava o telefone e Amanda logo saía do carro para falar algo com Nick. Nora estava preocupada e aflita, cada segundo parecia uma eternidade, nem mesmo reparava o outro policial no carro, tentava olhar para fora na direção onde Amanda tinha ido, uma lágrima acabou por escapar dos olhos da menina e ela puxou a coriza com o nariz e esfregou lágrimas e a coriza na manga da blusa de moletom. Acompanhava com os olhos a todo o momento o seu retorno e via Amanda voltando com uma garrafa de água e entregou para Nora que pegou a mesma e antes de beber fitou Amanda com mais uma lágrimas querendo descer mas sendo segurada por olhos vermelhos e aguados.

Amanda escreveu:
- Nora, vai ficar tudo bem. O canalha que fez isso com Johnnathan vai ser pego. A policia está trabalhando juntamente com os médicos do Saint Gabriel Hospital. Ele está na unidade intensiva e estamos procurando um antidoto. Nicolas vai levar você para casa e isso é uma ordem, preciso que você coopere. Meu conselho é que você volte para casa, tome um banho e visite sua amiga Nick, ela perguntava o tempo todo de você. Está sendo muito dificil para ela. Qualquer coisa esse é o meu numero e o de Nicholas. Pode entrar em contato comigo a qualquer hora mesmo ! Nicholas vai te levar pra casa.

Nora olhou para baixo, não sabia se ficava chateada ou se compreendia, ela então olhou para Amanda novamente e só meneou com a cabeça bem de leve que "sim", ela então bebeu da água, gole curto, não estava se sentindo com sede, e depois disse em voz baixa.

- Obrigada.

Quando Amanda saiu, Nora encostou e viu ela se encaminhar até Jerry para iniciar a investigação, ainda queria ajudar mas de fato do modo que estava poderia mais atrapalhar que ajudar. Ela então se recostou no carro e durante o caminho ficou calada, pensativa enquanto olhava redes sociais, quando Nicholas fala.

Nicholas escreveu:
- Hey menina não fique assim. Amanda é uma ótima investigadora vamos achar esse Michael e por ele onde merece. Agora eu vou te levar pra casa está bem ?

A menina então olhou para Nicholas com olhos e nariz vermelhos, ela meneou a cabeça para ele enquanto dizia em baixo tom:

- Tá bem... Valeu...

Ela então completou:

- E... Policial Nicholas...

Esperou a atenção dele e disse em seguida.

- É Nora.

Disse tentando esboçar um sorriso amigável para o policial, tentando se animar, talvez sem muito sucesso. Se o policial não falasse nada Nora iria continuar mexendo nas redes sociais para tentar se distrair um pouco.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Qui Ago 10, 2017 10:42 pm

Jean Dasnoy
FDV 5/6
Vitalidade - OK




Residencia da familia Strong - 17:45

A moça encostou o telefone próximo do rosto de Jean para que ele falasse. O garoto esperto precisava ter uma ideia se Angelo estava envolvido nessa merda toda. Com um grito capaz de alarmar a vizinhança toda ele brigava com Angelo do outro lado da linha. 

Jean escreveu:
Jean: - Que que foi seu viado. Num comeu ela direito e agora ela ta se vingando de todo mundo por sua causa seu rola mole?

Jean: - Ou foi você Bomba? Vai me dizer que pegou essa dae e num deu conta? Diz ae, que merda é essa que você ta fazendo? Que qui tu quer com a gente? Quem matou nosso amigo?

A moça se assustou e rapidamente tirou o telefone celular de perto de Jean e voltou sua conversa com Angelo do outro lado da linha. 

Joselyn : - Okay tigrão você ouviu seu colega palhaço, agora traga a moça ou será a ultima vez que irá vê-los com vida. Nada de policia ou eles morrem ouviu ?

Jean e Abel podiam parecer estar apenas presos com as mãos amarradas para trás mas eles estavam planejando algo. Jean não conseguia desatar o nó de Abel. Era muito dificil fazer aquilo daquela forma. Se Jean conseguisse ao menos alcançar seu canivete no bolso, mas era impossivel com as mãos amarradas. Abel por sua vez tinha mais sorte ou habilidade e aos poucos iria afrouxando a corda de Jean. Mais um pouco e logo o estudante conseguiria estar com as mãos livres. Abel era mesmo mais habilidoso do que ele nisso. 

A mulher então desligava o telefone e virou sua atenção para as escadas. Outra pessoa estava descendo. Pelos passos eram duas. As pegadas eram fortes e fizeram até mesmo Abel e Jean pararem de tentar sorrateiramente se livrarem das cordas por um segundo. A curiosidade chamou a atenção. Eles viram os pés, sapatos de gente que tinha dinheiro, um pé descalço. Aos poucos os novos personagens iriam se revelando e eles traziam consigo uma pesada caixa de madeira. 

Quando Jean viu quem era não acreditou e pelo visto Abel também não . 

Abel : - Filho da puta ! Até aqui ? Esse cara foi longe demais dessa vez. 

A sua frente estava Michael . O antigo mestre de artes marciais e um dos motivos que explicou a habilidade do zelador na arte do jui jitsu e kung fu. Jean não acreditou quando viu aquele homem com um kimono negro com o peito para fora e um sorriso de quem não presta e está fazendo algo errado. Ele tinha a ajuda do Mr. Strong para carregar a caixa e deixar Leo que estava dentro do caixão completamente amarrado e amordaçado com uma mascara de uma estranha caveira enegrecida amarrada a ele. 


Ele tentava gritar e se mexer mas não podia pois estava muito bem amarrado por cordas que circundavam todo o seu corpo. No peito de leo estava escrito a palavra "CONHECIMENTO". 

Kelly : - Querido ! O que está acontecendo.  Quem é esse cara ? E por que você está fazendo isso ? Por favor querido Nãooo...

Kelly não aguentava e omeçava a chorar. Seu amado marido então se aproximou de sua esposa presa as cordas e levantou seu queixo. 


Mr.Strong : - Não chore meu amor. Ou você vai perder sua maior qualidade. 

O homem então pede a faca de Joselyn e marca um B na testa de Kelly. 

Michael logo após deixar a caixa em pé encostada na parede de frente para os 3 diz: 

Michael  : - Meus discipulos ! Sentiram saudades ? Sintam-se honrados pois vocês tem qualidades unicas desejadas pelos mortais. Abel é invejado pela sua FORÇA e Jean por sua ESPERTEZA . 

Joselyn : - Então temos 4 qualidades desejadas pela humanidade aqui. A INTELIGENCIA foi sacrificada. Prof. Kelly é a BELEZA. A PERSEVERANÇA está no hospital e o amigo de vocês Angelo será a DISCIPLINA. Ele estará trazendo a PUREZA e assim completamos as 8 qualidades invejadas pelos seres humanos. Precisamos matar todos ?

Michael : - Se matarmos na ordem ficará mais fácil terminar. O próximo será a Pureza. 

Kelly não se contenta e desperta um grito de desespero . 

Kelly : - Vocês são despresiveis !!! Como podem tratar humanos feito carne ? Vocês são mosntros !! Como pude me casar com um homem com você !!

E por fim ela era recebida com um tava incrivelmente forte que a derrubou da cadeira e espirrou sangue pelo chão. 

O grande reitor da faculdade limpava o anel dourado que tinha na mão . 

Mr. Strong : - Se você fosse como eu, iria agradecer o que eu fiz. Acha que tudo o que temos é graças a você ou a mim ? Não se preocupe logo logo haverá uma outra senhora Strong no seu lugar. 

Testes:
 
Jean Teste para desamarrar as cordas (Des+Segurança) Diff. 9 = 0 Sucessos
Abel Teste para desamarrar as cordas (Des+Segurança) Diff. 9 = 1 Sucesso
 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Qui Ago 10, 2017 11:29 pm

Kamuriel (Nora Vanger)
Fé 3/3
FDV 7/7
Tormento 0/3




Seguindo para Casa - 18:15

Nora percebeu que naquelas condições não iria ajudar tanto na investigação. Ver o modo como Amanda e Nicholas trabalhavam lhe dava uma certa paz. Kamuriel avaliava que cada ser humano era extremamente diferente um do outro. Uns pra melhor outros para pior. Ficou imaginando como os seres celestiais eram homogeneos comparados a humanidade. Desde de que a rebelião começou o senso critico dos Elohim se expandiu e isso ocorreu graças ao pensamento diferente de Lúcifer. Se tudo realmente tinha um próposito como o criador costumava afirmar então era o propósito de Kamuriel estar ali entre os humanos ? Sendo acolhido por alguns e afligidos por outros como esse tal de Michael mesmo que indiretamente atraves de Johnnathan ? 

Nicholas : - Okay "Nora" vamos deixar a "menina" pra lá. você já em quase o que ? 16 ? Eu tenho uma filha quase da sua idade. Mas ela está no Canadá com a Mãe. Eu não vejo ela faz uns 5 anos, deve estar grandona feito você ! 

O policial tentava dispersar um pouco o clima de preocupação que rodeava Nora naquele instante. Enquanto ele falava, Nora deu uma olhada rapida nas noticias da Internet e nas redes sociais. A viagem era um pouco longa, cerca de 30 minutos então daria tempo de conversar com Nicholas e olhar um pouco a internet. 

As Principais Noticias do Jornal local eram :

- Sequestradores, matam jovem advogado e deixam corpo na praia de Long Branch. 


- Prefeito Adam Schneider reforça a segurança da cidade depois da onda de crimes que aumenta quase 100% na cidade desde o ano passado. 


- Boate Lafayete Recebe Papa Roach nessa sexta feira. Com direito a abertura de Johnny Boy. 


- Profa. Mestra de Laboratório de Autópsia desaparece a quase 1 semana. 

Fora as noticiais do jornal a Jovem Nora fuçando as redes sociais acabou descobrindo que uma colega(Gwen Tumiko) da sala de Nora anda comentando demais em fotos alheias a nova aquisição de Nicolly. A moto super cara que ela andou exibindo por ai e que saiu dando carona para Nora. A jovem aluna de intercâmbio parece ter comentado depois de ter tirado algumas fotos em que Nora e Nicolly saiam depois do almoço. 

Em outras fotos o grupo da sala de Nora se programa para ir para a boate Lafayette na sexta feira. 

Testes:
 

Nora teste de Navegar (Rac+ Computador) Diff. 7 = 3 Sucessos

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Kamuriel
Admin
Admin
Data de inscrição : 10/05/2017
Idade : 24

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sex Ago 11, 2017 11:29 pm

As coisas pareciam ser de alguma forma diferentes... Humanos como seres pensantes, construtores, amantes, entre outros e não só selvagens apenas lutando para sobreviver... De certa forma era essa sua natureza, mas as coisas eram diferentes agora, Kamuriel sentia isso em seu íntimo, mesmo que a parede que separava a mente de Nora e Kamuriel estivesse bem erguida, ainda havia um processo de mesclagem que o fazia conciliar certas coisas sem deixar as trevas passar... Tal coisa seria muito para a mente de Nora.

Todavia... Parecia que havia algo nos humanos que Lúcifer esteve certo e Kamuriel sentia que lá no fundo, a milênios atrás... Ele sempre soube disso, pois havia um nome, o nome de uma humana, que para Kamuriel era uma humana mais especial que qualquer coisa, mas ele não conseguia se recordar de seu nome ou de seu rosto, mas sim... Ela era humana, uma simples humana como Amanda, Nicholas, Nicolly, Seline, Jonatham... Assim como Michael, Arthur e entre outros.... Eram tão distintos e tão semelhantes, era desprezível ao mesmo tempo que encantador... Se ao menos, conseguisse se lembrar do nome e do rosto dela...

Nicholas escreveu:
- Okay "Nora" vamos deixar a "menina" pra lá. você já em quase o que ? 16 ? Eu tenho uma filha quase da sua idade. Mas ela está no Canadá com a Mãe. Eu não vejo ela faz uns 5 anos, deve estar grandona feito você !

Nora via que o policial estava tentando tirar um pouco da tensão e colaborou com ele para isso.

- Tenho 16, vou fazer 17 ainda esse ano, daqui a 3 meses! E qual é o nome dela? Porque não vai visitá-la nas férias? O Canadá é legal, apesar de eles terem uma... Policia montada...

E tentou dar uma risada forçada com o deboche da força policial do Canadá, muita gente fazia piada com isso, era algo normal, porém até mesmo o deboche de Nora não saiu tão bom, embora ainda tenha sido uma tentativa de se animar. Ela olhava para as notícias e novamente, mais desgraças... Humanos... Se fascinar por eles ou detestá-los, embora estivesse com a leve impressão de estar se sentindo bem hipócrita nesse momento, mas deu de ombros e continuou vendo, só que dessa vez viu que o Papa Roach ia fazer um show, não era muito fã de Papa Roach, eram legais mas não valiam a grana de um ingresso, muito menos esse Johnny Boy que nunca ouviu falar, mas alguma coisa Nora viu que chamou a atenção da garota que arregalou os olhos e gritou

-AAAAAAHHH VADIA!!!

Nora logo então se tocou que havia se exaltado e logo disse ao policial:

- Desculpa... Desculpa... Tretinha de facebook...


Imediatamente Nora começou a olhar os comentários que essa japa dos infernos estava fazendo e quais fotos iriam ferrar a Nicolly e a Nora com seus pais se vissem elas andando de moto. Nick tinha dito que ela pegou a moto com permissão do pai dela mas tava na cara que era mentira e as duas se ferrariam por isso!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
bahamut
Mortal
Mortal
Data de inscrição : 03/04/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sab Ago 12, 2017 6:33 am

Jean e Bomba tentavam soltar um ao outro, sendo que bomba estava conseguindo quando duas pessoas começaram a descer as escadas. Para a surpresa de Jean, eram Sr. Strong e o mestre Michael. Jean ficou esbabacado com o que viu. Michael estava metido nisso e Strong também? Que tipo de loucos eles eram? Eles carregavam Leo dentro de uma caixa, amarrado e com uma mascara de caveira.

As cenas a seguir eram doentias. Kelly era marcada na testa com uma faca pelo seu próprio marido e depois estapeada fortemente no rosto, caindo no chão. Os membros deste consorte insano discutiam sobre virtudes, sendo que os virtuosos seriam sacrificados em uma ordem doentia.

Nesse ínterim, Jean tenta aproveitar que eles estavam ocupados com eles mesmos e tenta desatar o nó de Bomba, que a essa altura ja teria desatado o nó de Jean.

Mas ele não iria reagir, não agora. Era muito arriscado. Esperaria Angelo chegar para tentar pegá-los mais desatentos. Alguma coisa tinha que ser feita. Jean fica imaginando que a polícia apareceria a qualquer instante, mas sabe que isso não acontecerá.

Jean olha para Kelly no chão, ferida, magoada, amedrontada e humilhada. Uma mulher como ela não merecia esse tipo de tratamento. Precisa de carinho, precisa de alguém que a faça se sentir mulher, precisa de proteção. Jean quer protegê-la e dar tudo o que ela precisa. Jean precisa tirá-la dali. Mas como...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Mitzrael
Admin
Admin
Data de inscrição : 15/02/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sex Ago 18, 2017 12:47 am

voce sempre tem rasao Krist, fique de um local seguro e me avise se ver algo estranho , vou deixar o celular vibrando .
Alex falava colocando seu celular para vibrar e deixando em mudo , e colocando o celular dentro de sua calça preso na coeca e seguia rumo a investigação .
tudo estava indo bem , ate de mais , a delegacia tava vazia no lado de dentro , o que Alex estranha
assim ativando seu lado Celestial , para assim ficar mas oculto .
pensando :
vou ate ao computador do novato e depois ate a sala do chefe , com sorte vo encontrar alguma pista , não estaria tao vigiado se não tive se algo aqui .
tenho de ir com calma .

Alex seguia com cuidado ate os computadores , sabia que o tempo estava contra ele , nao podia facilar . Twisted Evil Twisted Evil

Sem Reflexo/Sem Deixar Rastro/Iniciativa Aprimorada

_________________
"Juro consagrar minhas palavras, minhas armas, minhas forças e minha vida em defesa dos mistérios da fé cristã"- Dustiel - Da Morte Gloriosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sex Ago 18, 2017 9:58 pm

Jean Dasnoy
FDV 5/6
Vitalidade - Machucado Contusivo (2 Horas para recuperação+Cuidados Simples)


Residencia da familia Strong - 18:00 

Aquele pesadelo não parecia ter fim, mas o envolvimento da família de Kelly Strong agora fazia um pouco de sentido. E Michael também explicava o fato de todos os amigos de Jean estarem envolvidos, só não fazia muito sentido Mr. Strong e Michael juntos em toda essa estranha simpatia mácabra. Enquanto Kelly estava no chão o Sr. Strong se aproximava de Abel enquanto marcava um sinal na testa do garoto com a faca exatamente como fez com sua esposa. Eles pareciam estar fazendo os preparativos para algo. Leonard gritava feito louco no caixão mas sua boca amordassada não lhe permitia ser ouvido de maneira alguma. A campainha tocou no exato momento em que o Sr. Strong iria se aproximar de Jean. 


Mr. Strong : - Cuide dos seus meninos Michael, eu vou lá fora. 

Dizia o homem alto de terno entregando a faca para Joselyn e segurando a arma na mão. Abel e Jean estavam nervosos mas Abel demonstrava muito menos controle. Jean já estava completamente solto e aquilo era um alivio quando ele sentia suas mãos desatadas por Abel, só era difícil fazer o mesmo. Como para Abel pareceu tão fácil e para Jean aquilo se mostrou uma verdadeira arte. A corda nem mesmo se mexia do lugar e o pior acontecia. 

Michael : - Seu aluno cretino !!

O lutador desprendia uma ira sob Jean depositando sua habilidade em um chute capaz de derrubar Jean agora livre da cadeira. O garoto caía rolando com um chute pesado que recebu no peito de maneira inesperada. Rolou alguns metros ficando perto do caixão onde estava Leonard. Abel ainda estava preso mais gritou: 

Abel : - Fuja Jean, caía fora daqui e chame a policia sei lá. Esses porra são tudo louco !

Michael : - Joselyn acho que iremos ter de matar a "esperteza" primeiro ! Jean você sempre foi o que mais me deu trabalho, se não fosse por você minha vida teria sido muito diferente...

Michael dizia arrumando a base enquanto esperava Jean se erguer. Jean estava de costas para uma parede de tijolos, se quisesse fugir teria de enfrentar Joselyn com uma faca e sabe-se lá que habilidade ela tinha, Michael exímio lutador até seguir para as escadas ou poderia arriscar a janela por onde jogavam o lixo que era bem pequena. 

O som dos passos da escada revelavam que mais coisa acontecia lá em cima. Angelo descia com a arma de Mr. Strong apontada contra a sua cabeça e Leila Mill com as mãos para cima chorando. Agora até a namorada do que tomou a surra do Zelador estava enrolada na história. Abel que estava preso disse: 

Abel : - Leila ? A Pureza ? kkkk essa aí é mais rodada que pneu de voyage ! Ang você foi muito burro em vir aqui, devia ter fugido e largado a gente pra morrer, pelo menos um dos 4 se salvava ! 

Angelo : - Não seja idiota Bomba, todos nós vamos sair dessa. 

Leila estava chorando muito mas se continha engolindo o choro o máximo que podia. A merda estava feia de verdade e Jean não poderia simplesmente atacar e ver Angelo ter seus miolos enfeitando a parede. Esses três já tinham matado um e pra matar outro não seria dificil. 

Testes:
 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sex Ago 18, 2017 11:04 pm

Kamuriel (Nora Vanger)
Fé 3/3
FDV 7/7
Tormento 0/3


Seguindo para Casa - 18:30

Nora ficou tão inconformada com aspostagens de Gwen que mal conseguiu prestar atenção na conversa que mantinha com o policial. As fotos já estavam sendo compartilhadas e já estavam até entre os alunos das outras classes do ensino médio. 

Em uma das tirinhas dos comentários estava escrito : 

"Não bastar apenas ter uma moto super potente, tem de mostrar as garotas que você pode pegar" 

Claro que na imagem que estava escrito aquilo, não dava para ter uma visão clara de que era Nicolly quem estava dirigindo mas era possivel ver o rosto de Nora levemente, então algum idiota da escola estava querendo insinuar que Nora era algum tipo de Maria gasolina ou coisa do tipo  A ira de Nora ferveu de tal maneira que a vontade que a jovem tinha deixou Kamuriel extremamente desconcertado. Ele sentiu vontade de se libertar daquele corpo frágil e vingar Nora daquele patético ser mortal. 

Tudo aquilo por causa de uma calúnia ? 

 O ser Celestial sentia a dualidade de seu poder com os sentimentos simplórios da jovem Nora. Fechou os olhos e quando abriu viu o nome Pitt Brawson como autor daquele comentário. Revoltada tanto com Gwen que tirou várias fotos suas sem permissão quanto com Pitt, a garota entra na rede Social do garoto e descobre que ele é um estudante de faculdade estagiando na escola em que ela estuda. 


Nicholas : - Nora ? Chegamos ! Sua casa não é aquela ali com uma mãe coruja na porta olhando pra cá ?

Nora já estava a poucos metros de sua casa e sua mãe Selene olhava com as mãos cruzadas na frente do peito com um olhar preocupado e olhos apertados com lágrimas. Ao seu lado já estava o héroico Arthur com aquela face de quem queria fingir ser um marido ideal. 


OFF: Você Pode usar um ponto de FDV para conter a vontade irrefreavel de abrir o seu semblante neste momento

Teste:
 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
Beaumont
Admin
Admin
Data de inscrição : 11/02/2017
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Sex Ago 18, 2017 11:29 pm

Dustiel (Alex Riverstorm)
Fé 3/3
FDV 8/8
Tormento 0/4


Delegacia Central de Long Branch - Centro da Cidade  - 18:00

Aquele lugar estava ao mesmo tempo silêncioso e perigoso. Alex desconfiou de toda aquela quietude desde o inicio. O Celestial por ser uma criatura da sétima casa possuía a discrição em sua natureza. Seu semblante era parcialmente ativado. O Elohim se envolvia em um esquadro negro de sombras e se movimentava deslizando rapidamente para os andares superiores não chamando a atenção como se pudesse flutuar no chão. Ele alcançou a rampa para o Hall principal e viu alguns agentes do FBI trafegando com copos de café em mãos. 

Ele agiu furtivamente se trancando no escritório de Kurt, olhou em volta para o cubiculo e nã notou nada além de uma foto em que estavam Kurt ao lado de James Perkings, o delegado, eles estavam sorrindo no que parecia ser o aniversário de um dos dois. Ele procurou ser rapido e começou a fuçar a rede de e-mail, e algumas coisas no computador de Kurt. Havia uma senha simples de número 1988 a data de nascimento dele o que foi um pouco fácil até para Alex. 

Alex então percebeu que havia muitos e-mails no lixo com o nome de A.D

Em uma destas mensagem havia um doc. de audio anexo. desta forma. 

Audio da mensagem escreveu:
Senhor, não adianta manter a máscara por aqui. Está sendo dificil e o pior. Perkings não guarda nada sobre Il-Ilum no computador. Talvez seja preciso realizar um interrogátorio mais pulso firme. Eu não sou um bom Hacker , me desculpe. 

Aquela gravação mostrava que Kurt tinha contato com alguém com as siglas A.D e que provavelmente sabia de mais coisas do que relatava. Subitamente a porta do escritório se abri com uma pisada brutal e Dustiel se vê de frente com um dos cavaleiros ímpios do demonio Radrakamus.


Um grito agudo mostrava que aquele ex mortal um dia quer o corpo de volta ? Em sua boca respingava sangue que goteava o chão de maneira escabrosa e seus 4 braços traziam a ideia de uma verdadeira criatura caçadora. Não iria demorar muito para que Alex tivesse de confrontar um dos cavaleiros ímpios de Radrakamus. 

OFF: Você pode iniciar o combate se quiser
Testes:
 

_________________
"Em Meu Coração Jaz o Segredo da Imortalidade"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatar
bahamut
Mortal
Mortal
Data de inscrição : 03/04/2017

MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   Seg Ago 21, 2017 1:32 pm

Que situação. Jean e seus amigos perseguidos por Michael. Até da para entender porque Kelly seria uma vitima, mas o seu marido metido nessa porra toda era um misterio. Michael por sua vez sempre foi um filho da puta. Mestre de artes marciais que usa seus dons para o que bem entende, mas estes tipos de ações não eram esperadas.

O marido de Kelly resolve subir as escadas enquanto Jean, já com as mãos libertas, tenta em vão soltar bomba de suas amarras.

Talvez pela falta de habilidade de Jean ou pelos sentidos afiados do mestre de artes marciais, quem sabe um pouco dos dois, Michael percebeu Jean solto e desferiu um chute potente em seu peito, fazendo-o rolar pelo chão e terminar com as costas na parede de concreto.

Enquanto bomba grita para Jean fugir e buscar ajuda mas Jean sabe que isto não é possível. Se fizer isso com certeza estes loucos insanos irão matar todo mundo e fugir antes que a ajuda chegue. Michael por sua vez olha para a gostosa da Jocelyn, apontando Jean como o primeiro a ter que morrer e reforça como Jean era um calo em seu sapato, sendo o mais esperto e aquele que sempre atrapalhou os planos dele. O filho da puta podia ter arranjado uma situação menos dramática para falar isso, pensa Jean.

Em seguida Michael arma uma base para receber uma possível investida de Jean, que se recupera do golpe e tenta analisar a situação. Enfrentar Michael sozinho seria suicídio. Ele era um mestre e não se seguraria para provar sua superioridade, mesmo que isso significaria a morte de Jean. Atacar Jocelyn era apostar alto em uma mesa de poker em um jogo de cegos. Jean sabia que ela era capaz de qualquer coisa mas não sabia das habilidades de combate dela e ainda tinha aquela faca enorme. Como outras opções Jean poderia subir pelas escadas correndo. Sr. Strong é o único que possui uma arma de fogo e ele estaria lá em cima para ser surpreendido por Jean e a última opção seria a janela do lixo. Uma pequena janela para Jean dar um salto certeiro e usar toda a sua energia para sair de lá o mais rapido possível.

Mas Jean não teve tempo de pensar. Logo passos eram ouvidos descendo pela escada. Sr. Strong descia apontando uma arma para Angelo, que trazia Leila Mill, namorada do rapaz que foi espancado pelo zelador da univeraidade e ela seria a representação da pureza.

Bomba então faz um comentário sobre ela não ter nada de pura e Jean não consegue conter uma pequena risada. Ele sabe que isso pode atrasar o andamento do "ritual", embora a paciência deles não ser algo confiável. Angelo por sua vez mantém a calma, dizendo que tudo vai ficar bem, mas a situação era tensa e caótica.

Jean então se vê como o único que pode fazer alguma coisa. Lentamente ele se ergue, se apoiando contra a parede, fitando Michael que está esperando um movimento de seu ex-aluno. Jean por sua vez sabe que não pode com ele, mas pensa em ganhar tempo e causar distração para que Angelo possa fazer alguma coisa.

Já de pé, Jean ergue seu corpo e fita Michael. Em seguida faz uma sequencia rápida de gestos conhecidos por artistas marciais pois são marcas registradas de inícios de combate. Movimentos de respeito típicos de estilos específicos de artes marciais como o kung fu. Jean faz os movimentos que aprendeu na escola que treina agora com o mestre Otavio e termina com uma base simples e depois abaixa os braços, colocando seu corpo ereto e sem base alguma.

Jean: - Você deve querer fazer isso a muito tempo. Então o que está esperando? Tem um iniciante de artes marciais ferido na sua frente! Você não tem honra, dignidade, venha acabar comigo como o covarde que sempre foi.

Jean aposta na ofensiva de Michael e espera durar alguma coisa. Para esperar o golpe, Jean usa um dos ensinamentos que recebeu na escola de Otavio, que é o combate sem base. A base facilita alguns movimentos e dificulta outros, mas ela também o deixa vulnerável em alguns pontos. Assim, não usando base, você deixa o oponente sem saber o que você pode fazer e não identifica pontos fracos. Se bem treinado, qualquer lutador é capaz de desferir qualquer golpe nessa posição com a mesma eficácia que uma base específica. Ao mesmo tempo, Jean analisa a base de Michael para tentar identificar o possível próximo movimento do mestre em artes marciais.

A sorte está lançada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


MensagemAssunto: Re: Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Long Branch By Night - Ameaça à Corte de Miliel
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [VB6] Valor maior que o da variável Long
» Big Apple (Nova York by Night) - O Conto da cidade Vampirica .
» New Jersey by Night - Projeto Paradoxo
» New Jersey By Night - Tempos de Loucura
» [ÁLBUM] Troye Sivan - The Night is Timeless

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Entre Anjos e Demônios :: Narrativas :: Cronicas no Abismo-
Ir para: